cinema

Cinemas portugueses com subida de 8,9% de espectadores até setembro

Entrada dos Cinemas UCI, no El Corte Inglês. Fotografia: RUI COUTINHO / GLOBAL IMAGENS
Entrada dos Cinemas UCI, no El Corte Inglês. Fotografia: RUI COUTINHO / GLOBAL IMAGENS

No campo das receitas, até setembro, o total verificado foi de 61,3 milhões de euros, mais 8,2% do que nos três primeiros trimestres de 2018.

As salas de cinema portuguesas registaram uma subida de 8,9% no número de espectadores até setembro, face a igual período de 2018, com semelhante crescimento nas receitas, anunciou hoje o Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA).

De acordo com a ‘newsletter’ mensal do ICA, nos primeiros nove meses de 2019 houve 11,5 milhões de espectadores de cinema, mais 8,9% do que em 2018, apesar de uma ligeira descida de 0,3% em setembro.

No campo das receitas, até setembro, o total verificado foi de 61,3 milhões de euros, mais 8,2% do que nos três primeiros trimestres de 2018, também apesar de uma redução de 1,2% em setembro.

O filme mais visto em setembro foi “It: Capítulo 2”, de Andy Muschietti, com perto de 200 mil espectadores, seguido do português “Variações”, de João Maia, visto por 133.211 pessoas, sendo o filme português mais visto do ano e o quinto filme nacional mais visto desde 2004.

Por seu lado, “A Herdade”, de Tiago Guedes, em 11 dias de exibição, conseguiu 39.513 espectadores.

A lista dos filmes mais vistos de 2019 continua a ser encabeçada por “O Rei Leão”, com perto do dobro dos espectadores do segundo filme mais popular, o também norte-americano “Vingadores: Endgame”.

Até setembro, a NOS concentrou 71% das receitas de distribuição dos cinemas em Portugal, seguindo-se a Big Picture com 15,3% e a Pris com 5,8%.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
António Costa (E) e Charles Michel (D). Fotografia: EPA/JOHN THYS

Costa. Orçamento de Charles Michel é para os “países forretas”

Lisboa, 31/1/2020 - Os trabalhadores da administração pública realizam esta tarde uma manifestação nacional na sequência de uma greve nacional, a primeira da atual legislatura, convocada por  várias organizações sindicais da CGTP e da UGT.
(Reinaldo Rodrigues/Globalimagens)

Governo sobe aumentos extra para dez euros. “Resposta é a luta”.

A companhia portuguesa teve ontem de colocar os viajantes noutros voos. foto: Global Notícias

TAP estuda soluções para passageiros nos voos com Venezuela

Cinemas portugueses com subida de 8,9% de espectadores até setembro