Turismo

Click2Portugal está a chegar ao mercado

Hóteis 10

"Quem não está online, não está no mundo", afirmou o presidente da Associação de Hotelaria de Portugal, Raul Martins.

A Associação da Hotelaria de Portugal (AHP) apresentou à imprensa esta quarta-feira o projeto Click2Portugal, uma plataforma que agrega a oferta hoteleira nacional, potenciando a reserva direta e consequente internacionalização.

Em maio de 2017, a AHP realizou o estudo “Raio-X à Presença da Hotelaria portuguesa no Digital” e percebeu que àquela data, 7% dos 1511 estabelecimentos registados não tinham website. “Quem não está online, não está no mundo”, afirmou o presidente da AHP, Raul Martins. Dos 1406 hóteis que tinham website, 8% não disponibilizavam fotografias e a maioria dos restantes falhavam no que concerne à qualidade da imagem.

No que toca ao momento da reserva, 30% destes sites eram um “dead end”, de acordo com Cristina Siza Vieira, presidente da Direção Executiva da AHP. Ou seja, para fazer uma reserva só ligando “à moda antiga” ou através das chamadas Online Travelling Agencies (OTA, na sigla inglesa). E os problemas não ficavam por aqui. Os idiomas disponíveis eram outra das falhas. Só a título de exemplo, 7% dos hóteis no Algarve não disponibilizavam o idioma inglês no seu site.

A Click2Portugal nasceu assim da necessidade de aumentar e melhorar a presença online dos hóteis portugueses. “Queremos que seja uma plataforma inovadora e que represente bem a hotelaria de Portugal”, disse Pedro Colaço, da Guestcentric, empresa que desenvolveu a plataforma.

Esta plataforma vai agregar toda a oferta de empreendimentos turísticos em Portugal numa espécie de catálogo, onde estarão disponíveis fotos, vídeos, informações sobre o hotel e pontos de interesse na proximidade, preços, disponibilidade e classificação. No momento da reserva, a transação é efetuada diretamente com o hotel.

A adesão dos estabelecimentos ao Click2Portugal é completamente gratuita. No caso de os hóteis não terem conteúdos multimédia ou quererem melhorá-los, a AHP tem uma carteira de fornecedores que disponibiliza estes serviços a preços reduzidos. Fotografias profissionais desde 80 euros (+ IVA) e vídeo desde 250 euros (+ IVA). Os valores vão variar consoante as dimensões e características do hotel. Os conteúdos serão escritos pelos próprios hóteis, mas sujeitos a uma revisão da associação.

A proximidade é um lema pelo que a AHP pretende despertar emoções e cativar o consumidor com este novo projeto. “Temos de falar a língua do consumidor”, afirma Pedro Colaço.

O Click2Portugal vai ainda tornar possível efetuar a reserva de hóteis através do website do Turismo de Portugal. Cristina Siza Vieira adiantou que a associação já tem “luz verde” para inserir o botão “Book Now” no visitportugal.com.

O projeto, de execução de três anos, é cofinanciado pelo Programa Operacional Competitividade e Internacionalização e contou com um investimento de um milhão de euros e deverá estar disponível ao consumidor no último trimestre de 2018.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva  JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Vieira da Silva admite “processo de transição” nas reformas antecipadas

Dinheiro

Há menos milionários em Portugal mas riqueza média está a aumentar

António Costa, primeiro-ministro (Fotografia: Maria João Gala/ Global Imagens)

Costa manda analisar processos de precários que foram recusados

Outros conteúdos GMG
Click2Portugal está a chegar ao mercado