Tecnologia

Colaboração entre pessoas e robôs vai impulsionar a produtividade em 15% em 2021

robos
DR

A IDC prevê que em 2020 uma em cada cinco empresas irá utilizar 'software' assente em 'machine learning'.

A colaboração entre pessoas e robôs irá impulsionar 15% a produtividade laboral em 2021, num contexto em que as máquinas ganham terreno no trabalho, tendência que irá acelerar com o 5G, considerou hoje a consultora tecnológica IDC.

A consultora aponta que o setor industrial é aquele onde as máquinas já começaram a proporcionar um valor agregado, um modelo que irá transferir-se progressivamente para outras áreas devido a tecnologias como a quinta geração móvel (5G), a aprendizagem das máquinas (‘machine learning’), a realidade aumentada e Internet das Coisas (IoT) ou a robótica.

A tecnologia 5G irá permitir uma maior velocidade de transmissão de dados e uma maior conexão entre vários dispositivos, impulsionando a Internet das Coisas.

A IDC prevê que em 2020 uma em cada cinco empresas irá utilizar ‘software’ assente em ‘machine learning’.

Em 2021, num universo mais reduzido, cerca de metade dos negócios retalhistas irão disponibilizar assistentes virtuais no atendimento ao cliente.

Só a nível europeu, a consultora prevê que os investimentos das empresas em automatização de processos representem 34,5% do total, para alcançar 1.229 milhões de euros em 2022.

A implementação de tecnologias orientadas para a colaboração entre pessoas e máquinas passou a ser “imprescindível” no mundo empresarial e constitui uma “oportunidade” distintiva para as empresas, acrescenta a IDC.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Exportações, TIC, Taiwan

Portugal exporta mais talento e tecnologia. Taiwan ganha força

Lisboa, 19/7/2019 - Eduardo Marques, Presidente da AEPSA- Associação das Empresas Portuguesas para o Sector do Ambiente-  uma associação empresarial, criada em 1994, que representa e defende os interesses coletivos das empresas privadas com intervenção no setor do ambiente,
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Eduardo Marques. “Há um grande espaço para aumentar as tarifas da água”

Jorge Leite. Fotografia: CGTP-IN

Morreu Jorge Leite, o jurista do Trabalho que defrontou a troika

Outros conteúdos GMG
Colaboração entre pessoas e robôs vai impulsionar a produtividade em 15% em 2021