Consumo

Companhias aéreas lideram queixas no turismo

Fotografia:  Homem de Gouveia/Lusa
Fotografia: Homem de Gouveia/Lusa

A TAP foi alvo de 189 reclamações nos primeiros cinco meses do ano

As companhias aéreas continuam a ser alvo de muitas reclamações. Nos primeiros cinco meses do ano, o Portal da Queixa registou 572 reclamações dirigidas a transportadoras aéreas, um aumento de 248 queixas face ao mesmo período do ano anterior.

A TAP é a empresa que regista mais descontentamento por parte dos consumidores. A companhia área portuguesa foi alvo de 189 reclamações nos primeiros cinco meses do ano, um aumento de 125% face ao homólogo de 2017.

A Ryanair é a transportadora que se segue na lista das reclamações, com o Portal da Queixa a receber 82 notificações, mais 122%. Por sua vez, a EasyJet foi alvo de 40 queixas.

A companhia que registou o maior crescimento no número de reclamações foi a Orbest, que passou de quatro reclamações para 13 no período em análise.

O principal problema levantado pelos consumidores prende-se com cancelamentos de voos/overbooking (271 queixas, um aumento de 182%), seguida dos atrasos nos voos (156, mais 120%). O reembolso do valor dos voos perdidos foi também motivo para a apresentação de 140 queixas, um crescimento de 186%. Já questões relacionadas com a bagagem (perda, danos) implicaram a elaboração de 94 reclamações, mais 276%.

Booking à frente

A agência de viagens online Booking foi alvo de 61 reclamações nestes primeiros cinco meses do ano, um incremento de 281%. A Logitravel passou de 15 para 23, a Geostar de 4 para 6 e a Viagens Abreu de 12 para 13.

O Portal da Queixa, rede social de consumidores em Portugal, registou um aumento de 78% no número de reclamações no setor do turismo face ao período homólogo de 2017.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Teste - Redação DV

Liberdade e sustentabilidade dos media, com ou sem apoio do governo?

Regime dos residentes não habituais garante isenção de IRS a quem recebe pensões do estrangeiro.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Primeiros 18 residentes não habituais prestes a perder benefício

Miguel Albuquerque, do PSD Madeira.

Projeção. PSD perde maioria absoluta na Madeira

Outros conteúdos GMG
Companhias aéreas lideram queixas no turismo