OE2018

Comprar e usar carro volta a ficar mais caro

Fotografia:  JOSÉ COELHO/LUSA
Fotografia: JOSÉ COELHO/LUSA

Antecipa-se um agravamento médio de 1,4% quer no caso do IUC quer do ISV

Comprar e usar carro vai voltar a ficar mais caro no próximo ano. O Governo pretende agravar quer o imposto sobre veículos (ISV) quer o imposto de circulação (IUC), o antigo “selo do carro”, de acordo com a proposta preliminar do Orçamento do Estado para 2018, com data de 12 de outubro, a que o Dinheiro Vivo teve acesso.

De acordo com a proposta preliminar, antecipa-se um agravamento médio de 1,4% quer no caso do IUC quer do ISV. Não estão previstas alterações nos patamares de imposto pagos nos veículos a gasolina e a gasóleo.

Por exemplo, se comprar um Peugeot 208 1.2 a gasolina, paga mais 1,5% de ISV se comprar este carro em 2018. Atualmente, a soma das duas componentes do ISV (ambiental+cilindrada) custa 534,78 euros; a partir de 1 de janeiro de 2018, poderá passar a custar 542,75 euros. São mais 7,97 euros, de acordo com as simulações do Dinheiro Vivo.

Em relação ao IUC, o antigo ‘selo’ do carro, pagará mais 1,4% por ano pelo mesmo Peugeot 208. Em vez de 87,03 euros, pagará 88,25 euros, segundo as simulações do Dinheiro Vivo e que partem da proposta preliminar com data de 12 de outubro.

A proposta de Orçamento do Estado para 2018 será entregue na sexta-feira, 14 de outubro, na Assembleia da República.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: MIGUEL A. LOPES/LUSA

Governo reconhece progressões a 344 mil trabalhadores, pelo menos

Faria de Oliveira, presidente da APB

APB garante que bancos vão refletir Euribor negativa nos créditos à habitação

Donald Trump, Presidente dos Estados Unidos. REUTERS/Leah Millis

Trump põe tudo na mesa. Parada na guerra com China sobe para 500 mil milhões

Outros conteúdos GMG
Comprar e usar carro volta a ficar mais caro