Concorrência dá 'luz verde' à venda da portuguesa Ar Telecom aos espanhóis Aire Networks

A operadora de telecomunicações portuguesa foi fundada pelo empresário João Pereira Coutinho.

A Autoridade da Concorrência (AdC) deu 'luz verde' à venda da operadora nacional de telecomunicações Ar Telecom, com mais de duas décadas, aos espanhóis da Aire Network, segundo aviso publicado.

"Em 23 de março de 2021, o Conselho de Administração da Autoridade da Concorrência (...) delibera adotar uma decisão de não oposição à operação de concentração (...) uma vez que a mesma não é suscetível de criar entraves significativos à concorrência efetiva no mercado nacional ou numa parte substancial deste", lê-se no aviso publicado na página de internet da AdC.

Quando divulgaram em comunicado o negócio, em 18 de fevereiro, os grupos deram conta que a compra da totalidade do capital da empresa portuguesa pelos espanhóis resultava num aumento para 120 milhões de euros em 2021 do volume de negócios consolidado do grupo Aire Networks e, ainda, permitia "consolidar a oferta de ambas as empresas no mercado ibérico".

A operação de concentração foi notificada à AdC no dia seguinte, em 19 de fevereiro, e veio agora a merecer a não oposição do regulador.

A AR Telecom é uma empresa nacional presente no mercado desde 1999, para fornecer serviços integrados de telecomunicações e tecnologias de informação para o mercado empresarial, setor público e 'wholesale', sendo Manuel Caldas Gonçalves o presidente executivo.

A operadora de telecomunicações portuguesa foi fundada pelo empresário João Pereira Coutinho.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de