Impostos

Concurso quer promover cidadania e educação fiscal

escola

Associação dos Profissionais de Inspeção Tributária e LawAcademy lançam prémio para promover a educação e cidadania fiscal.

A intolerância da sociedade para com os que não pagam os impostos tem vindo a crescer, mas fugir ao fisco em Portugal continua a não ser tão mal visto como nos países do Norte. Quem estuda de perto estes fenómenos não tem pois dúvidas que uma das alavancas da mudança de mentalidades está na aposta na educação e na cidadania fiscal, devendo esta ser promovida desde cedo, junto dos mais novos.

Dar passos neste caminho é precisamente o objetivo do prémio que a APIT e a LawAcademy, liderados por Nuno Barroso, e Pedro Marinho Falcão, respetivamente, pretendem lançar e cujo protocolo vai ser assinado esta quarta-feira. O regulamento do concurso ficará fechado até setembro e só nessa altura ficará definido valor do prémio, mas o objetivo é promover trabalhos na área da cidadania fiscal.

Trabalhos nos mais diversos formatos (vídeo, fotografia, texto) que mostrem de forma simples e eficaz para que servem os impostos e a importância em que cada um contribua e pague a sua quota-parte serão um dos motes do concurso. Os alunos do ensino básico estarão entre os concorrentes mais naturais, mas.

A ideia de levar os temas fiscais às escolas começou há quase dez anos anos, mas os vários projetos que a APIT foi apresentando aos responsáveis dos Assuntos Fiscais foram sempre acabando por esbarrar num ou noutro obstáculo administrativo. O tema não chegará, pelo menos por enquanto, às escolas via currículos e manuais escolares, mas o lançamento do concurso permitirá dar um primeiro passo neste caminho.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Arquivo/ Global Imagens

Transações de casas caíram 35,25% em abril. Preços começam a abrandar

(João Silva/ Global Imagens)

Estrangeiros compraram menos casas em Portugal em 2019. Preço por imóvel subiu

(JOSÉ COELHO/LUSA)

Cadeias de retalho contra desfasamento de horários. Aguardam publicação da lei

Concurso quer promover cidadania e educação fiscal