combustíveis

Conheça o acordo alcançado que põe fim à greve

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos (C) , fala aos jornalistas durante a conferência de imprensa sobre o fim da greve dos motoristas de matérias perigosas, em Lisboa, 18 de abril de 2019. A greve dos motoristas de matérias perigosas terminou hoje de manhã, depois de o sindicato e a Associação Nacional de Transportadores Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) terem chegado a acordo. MÁRIO CRUZ/LUSA
O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos (C) , fala aos jornalistas durante a conferência de imprensa sobre o fim da greve dos motoristas de matérias perigosas, em Lisboa, 18 de abril de 2019. A greve dos motoristas de matérias perigosas terminou hoje de manhã, depois de o sindicato e a Associação Nacional de Transportadores Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) terem chegado a acordo. MÁRIO CRUZ/LUSA

Acordo determina que negociações devem terminar até ao final do ano. Até lá, as partes devem manter a paz social.

Faltava pouco para as 8h da manhã quando a notícia chegou: a greve dos motoristas de transporte de matérias perigosas foi desconvocada.

O Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMM) e a Associação Nacional de Transportes Públicos Rodoviários (ANTRAM) chegaram a um acordo que pôs um ponto final na paralisação durou 72 horas e fez secar muitos postos de abastecimento de norte a sul do país.

O acordo, que pode consultar aqui, determina que as negociações entre as duas partes devem chegar ao fim até 31 de dezembro de 2019, saindo daí um acordo coletivo que “promova e dignifique a atividade de motorista de mercadorias perigosas”.

Durante o processo negocial, o SNMMP e a ANTRAM comprometem-se a manter a paz social.

Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, disse esta manhã que já estão “reunidas todas as condições para que a normalidade seja reposta”, admitindo que o processo de reorganização irá ser gradual.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(REUTERS/Tyrone Siu/File Photo)

Portugal é campeão na venda de carros elétricos, mas falta rede de carregamento

Huawei | Google | Android

Smartphones Huawei vão ser atualizados, garante a marca

Fotografia: Pedro Rocha/ Global Imagens

Taxa turística já rende 30 milhões às câmaras. É uma subida de 56%

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Conheça o acordo alcançado que põe fim à greve