Novo Governo

Conheça os secretários de Estado do novo Governo

O primeiro-ministro indigitado, António Costa, à chegada para uma audiência com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, para apresentação da lista de nomes propostos para secretários de Estado do XXII Governo Constitucional, no Palácio de Belém, em Lisboa, 21 de outubro de 2019. RODRIGO ANTUNES/LUSA
O primeiro-ministro indigitado, António Costa, à chegada para uma audiência com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, para apresentação da lista de nomes propostos para secretários de Estado do XXII Governo Constitucional, no Palácio de Belém, em Lisboa, 21 de outubro de 2019. RODRIGO ANTUNES/LUSA

António Costa já entregou a Marcelo Rebelo de Sousa a lista dos secretários de Estado do novo governo português.

O Presidente da República recebeu esta segunda-feira o primeiro-ministro indigitado, numa audiência onde António Costa apresentou a Marcelo Rebelo de Sousa os nomes dos secretários de Estado que vão integrar o próximo Governo.

O XXII Governo Constitucional ficará assim composto por:

– Primeiro-Ministro, António Costa
– Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro
– Secretário de Estado Adjunto do Primeiro Ministro, Tiago Antunes

  • – Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira
    – Secretário de Estado Adjunto e da Economia, João Neves
    – Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques
    – Secretário de Estado do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor, João Torres
    – Secretário de Estado para a Transição Digital, André de Aragão Azevedo
  • – Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva
    – Secretária de Estado dos Assuntos Europeus, Ana Paula Zacarias
    – Secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Teresa Ribeiro
    – Secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Ferreira Milheiro Nunes
    Secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Jorge Nogueira Leite Brilhante Dias
  • – Ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva
    – Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, André Moz Caldas
    – Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro
    – Secretária de Estado para a Integração e as Migrações, Cláudia Pereira
  • – Ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno
    – Secretário de Estado Adjunto e das Finanças, Ricardo Mourinho Félix
    – Secretário de Estado do Orçamento, João Leão
    – Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes
    – Secretário de Estado do Tesouro, Álvaro Novo
  • – Ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho
    – Secretário de Estado Adjunto da Defesa Nacional, Jorge Seguro Sanches
    – Secretária de Estado de Recursos Humanos e Antigos Combatentes, Catarina Sarmento Castro
  • – Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita
    – Secretário de Estado Adjunto e da Administração Interna, Antero Luís
    – Secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar
  • – Ministra da Justiça, Francisca Van Dunem
    – Secretário de Estado Adjunto e da Justiça, Mário Belo Morgado
    – Secretária de Estado da Justiça, Anabela Pedroso
  • – Ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão
    – Secretária de Estado da Inovação e da Modernização Administrativa, Maria de Fátima de Jesus Fonseca
    – Secretário de Estado da Administração Pública, José Couto
    – Secretário de Estado da Descentralização e da Administração Local, Jorge Botelho
  • – Ministro do Planeamento, Nelson Souza
    – Secretário de Estado do Planeamento, José Gomes Mendes
  • – Ministra da Cultura, Graça Fonseca
    – Secretária de Estado Adjunta e do Património Cultural, Ângela Carvalho Ferreira
    – Secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media, Nuno Artur Silva
  • – Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor
    – Secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Sobrinho Teixeira
  • – Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues
    – Secretário de Estado Adjunto e da Educação, João Costa
    – Secretária de Estado da Educação, Susana Amador
    – Secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo
  • – Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho
    – Secretário de Estado Adjunto, do Trabalho e da Formação Profissional, Miguel Filipe Pardal Cabrita
    – Secretário de Estado da Segurança Social, Gabriel Gameiro Rodrigues Bastos
    – Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes
    – Secretária de Estado da Ação Social, Rita da Cunha Mendes
  • – Ministra da Saúde, Marta Temido
    – Secretária de Estado Adjunta da Saúde, Jamila Madeira
    – Secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales
  • – Ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes
    – Secretário de Estado Adjunto e da Energia, João Saldanha de Azevedo Galamba
    – Secretária de Estado do Ambiente, Inês dos Santos Costa
    – Secretário de Estado da Conservação da Natureza, das Florestas e do Ordenamento do Território, João Paulo Marçal Lopes Catarino
    – Secretário de Estado da Mobilidade, Eduardo Nuno Rodrigues e Pinheiro
  • – Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos
    – Secretário de Estado Adjunto e das Comunicações, Alberto Souto de Miranda
    – Secretário de Estado das Infraestruturas, Jorge Delgado
    – Secretário de Estado da Habitação, Ana Pinho
  • – Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa
    – Secretário de Estado Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Carlos Soares Miguel
    – Secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira
  • – Ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque
    – Secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, Nuno Tiago dos Santos Russo
  • – Ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos
    – Secretário de Estado das Pescas, José Apolinário

“O Presidente da República deu o seu assentimento esta proposta. A nomeação e posse de todo o XXII Governo Constitucional estão previstas para esta semana, em data a determinar, depois da publicação do mapa oficial das eleições e da primeira reunião da nova legislatura da Assembleia da República”, pode ler-se no site da Presidência.

O novo executivo vai ter como ministros de Estado Pedro Siza Vieira, Augusto Santos Silva, Mariana Vieira da Silva e Mário Centeno. A existência de quatro ministros de Estado é uma das principais novidades face ao Governo anterior, uma opção que, fonte oficial do executivo justificou como “um reforço do núcleo central” do executivo. O XXII Governo Constitucional terá 70 elementos, somando ministros e secretários de Estado, dos quais 26 mulheres e 44 homens. O peso das mulheres no conjunto do novo Governo será de 37,1%.

Catorze ministros mantêm-se à frente das mesmas pastas, existindo cinco novos ministros, o que, segundo fonte do executivo, representa um sinal de “estabilidade e de continuidade” em relação ao anterior elenco governamental.

O segundo Governo liderado por António Costa vai integrar 19 ministros, além do primeiro-ministro, o que o torna o maior em ministérios dos 21 Governos Constitucionais, e também o que tem mais mulheres ministras, num total de oito.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
A ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho (D), e o secretário de Estado do Emprego, Miguel Cabrita (E). Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Salário mínimo de 635 euros? Dos 617 dos patrões aos 690 euros da CGTP

concertação

Governo sobe, sem acordo, salário mínimo até 635 euros em 2020

concertação

Governo sobe, sem acordo, salário mínimo até 635 euros em 2020

Outros conteúdos GMG
Conheça os secretários de Estado do novo Governo