Literacia financeira

Conhecimento dos portugueses sobre expressões financeiras aumentou

Foto: REUTERS/Rafael Marchante
Foto: REUTERS/Rafael Marchante Pessoas, Rossio, Lisboa, Portugal

TAEG é a expressão que mais evoluiu em ternos de conhecimento.

O conhecimento dos portugueses sobre expressões financeiras aumentou, de acordo com um estudo elaborado pelo Observador Cetelem. Juros é o conceito mais conhecido ao passo que 3D Secure é a expressão com a qual menos portugueses estão familiarizados.

TAEG é a expressão que mais evoluiu em ternos de conhecimento.

“Os portugueses estão mais aptos a tomar boas decisões quando subscrevem produtos financeiros. Isto deve-se ao aumento da percentagem dos que conhecem e sabem o que significam várias expressões, mas também ao hábito de comparar diferentes proposta”, nota o Observador Cetelem em comunicado.

Juros (63%) é a expressão financeira mais conhecida pelos consumidores portugueses, seguida por Inflação (59%); Taxa de Câmbio (52%); Dívida Pública (49%); Dívida Externa (48%) e TAEG (46%). A meio da tabela surgem conceitos como TAN (40%); valor residual (39%); Euribor e Défice Orçamental (ambos com 38%); Obrigações (34%); Spread (33%); e Deflação (33%). Entre os conceitos menos conhecidos surgem MTIC – Montante Total Imputado ao Consumidor (21%); Rating (18%) e Revolving (18%).

Quase metade dos inquiridos (48%) consideram ter um “bom” nível de literacia financeira. Os portugueses da região centro são aqueles que mais consideram ter um bom ou muito bom nível de literacia financeira (55%).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
coronavirus lay-off trabalho emprego desemprego

Empresas com quebras de 25% vão poder pedir apoio à retoma

CMVM. Fotografia: DR

Auditores: CMVM encontrou 66 irregularidades graves

isabel dos santos nos

Luanda Leaks: CMVM envia processos para o Ministério Público

Conhecimento dos portugueses sobre expressões financeiras aumentou