exportações

Costa. Exportações agroalimentares pesam quase tanto quanto calçado e têxtil

(André Rolo / Global Imagens)
(André Rolo / Global Imagens)

Líder do governo destaca que setor foi onde mais empresas se criaram em 2018 e onde os salários têm, em média, um maior aumento.

O primeiro-ministro disse este domingo, em Dusseldorf, na Alemanha, que as exportações do setor agroalimentar, que estão atualmente em cerca de sete mil milhões de euros, representam quase o volume conjunto do setor do calçado e do têxtil.

“Hoje o conjunto das exportações da indústria agroalimentar já se aproxima dos sete mil milhões de euros, significa que sozinho tem quase o volume do têxtil e do calçado no seu conjunto”, disse António Costa, que falava aos jornalistas durante a visita à feira ProWein.

Para o governante, esta é “uma área de grande modernização, de grande progresso e de grande potencial” para a autonomia alimentar de Portugal, mas também “para um bom ordenamento do território e para a valorização de regiões do país onde é necessário fazermos um esforço de coesão territorial”.

António Costa destacou ainda que o setor agroalimentar foi “onde mais empresas se criaram em Portugal no ano passado e onde os salários têm, em média, um maior aumento”.

O líder do governo sublinhou que o trabalho do setor agrícola “é fundamental” para o futuro do país, com destaque para a economia.

“A economia tem ciclos e, portanto, quando há algum arrefecimento global, o que temos que fazer é aquecer os nossos motores e fazer um esforço mais acrescido”, notou.

Durante a visita, o primeiro-ministro agradeceu ainda “o trabalho que os produtores, os enólogos e os agricultores têm feito para o desenvolvimento do setor” do vinho.

“O ano passado exportamos na área do vinho cerca de 803 milhões de euros e a ViniPortugal e os produtores têm a meta de chegar aos mil milhões em 2020”, indicou o primeiro-ministro.

A ProWein, a maior feira de vinhos da Europa, que decorre entre hoje e terça-feira, conta com a presença mais de 390 produtores portugueses, 150 dos quais no ‘stand’ da ViniPortugal – associação interprofissional para a promoção internacional dos vinhos de Portugal.

Para além deste, estão também no certame ‘stands’ das várias regiões vitivinícolas nacionais – Vinho Verde, Porto e Douro, Tejo, Alentejo, Beira Interior e Bairrada.

No ano passado, o evento teve 60 mil visitantes.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O presidente do Conselho Geral e de Supervisão da ADSE, João Proença, durante a sua audição na Comissão de Saúde, na Assembleia da República, em Lisboa, 27 de fevereiro de 2019. MÁRIO CRUZ/LUSA

ADSE já enviou novas tabelas de preços aos privados para negociação

Mario Draghi, Presidente do Banco Central Europeu. REUTERS/Kai Pfaffenbach

BCE discutiu pacote de medidas para estimular economia na reunião de julho

Hotéis de Lisboa esgotaram

“Grandes” eventos impulsionaram aumento dos preços na hotelaria em junho

Outros conteúdos GMG
Costa. Exportações agroalimentares pesam quase tanto quanto calçado e têxtil