salário mínimo

Salário mínimo de 750 euros discutido na próxima semana na concertação social

O secretário-geral do Partido Socialista (PS), António Costa, discursa durante a reunião da Comissão Nacional realizada no Centro Nacional de Exposições – CNEMA, Santarém, 27 de outubro de 2019. TIAGO PETINGA/LUSA
O secretário-geral do Partido Socialista (PS), António Costa, discursa durante a reunião da Comissão Nacional realizada no Centro Nacional de Exposições – CNEMA, Santarém, 27 de outubro de 2019. TIAGO PETINGA/LUSA

Secretário-geral do PS anunciou este sábado que vai reunir-se na próxima semana com os parceiros sociais para apresentar a proposta do Governo.

O secretário-geral do PS anunciou este sábado que vai reunir-se na próxima semana com os parceiros sociais para apresentar a proposta do Governo de elevar o salário mínimo todos os anos até atingir 750 euros em 2023.

António Costa referiu-se a esta reunião da concertação social quando entrava para a Comissão Nacional do PS, em Santarém, depois de questionado se vai procurar consensualizar a proposta de aumento do salário mínimo que apresentou no sábado, durante o discurso que proferiu na posse do XXII Governo Constitucional.

Perante os jornalistas, o secretário-geral do PS referiu que a fixação em cada ano do salário mínimo nacional não é objetivo de negociação, sendo antes “uma decisão do Governo”.

“Mas o bom senso manda que se ouça os parceiros sociais. Já para a semana, vamos ouvir os parceiros sociais em sede de concertação social e estaremos em condições de fixar a base de partida para esta caminhada que nos propomos fazer até atingir os 750 euros”, declarou.

O secretário-geral do PS defendeu depois que, aquilo que “é perspetivável sobre a economia e aquilo que é a dinâmica do mercado de trabalho, permite uma subida de 50% do salário mínimo no conjunto das duas legislaturas”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
A ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho (D), e o secretário de Estado do Emprego, Miguel Cabrita (E). Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Salário mínimo de 635 euros? Dos 617 dos patrões aos 690 euros da CGTP

concertação

Governo sobe, sem acordo, salário mínimo até 635 euros em 2020

concertação

Governo sobe, sem acordo, salário mínimo até 635 euros em 2020

Outros conteúdos GMG
Salário mínimo de 750 euros discutido na próxima semana na concertação social