Orçamento do Estado

Costa: Orçamento de 2019 com medidas para o regresso de emigrantes

António Costa na varanda do Palácio de São Bento durante uma entrevista ao DN.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)
António Costa na varanda do Palácio de São Bento durante uma entrevista ao DN. (Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

António Costa revelou no Congresso do PS que o próximo Orçamento vai contar com medidas para que os portugueses que emigraram regressem ao país.

O secretário-geral do PS, António Costa, antecipou este domingo que o próximo Orçamento do Estado vai incluir medidas para que os portugueses que emigraram durante o período da crise possam regressar ao país.

Na intervenção com que encerrou o 22.º Congresso Nacional do PS, na Batalha, distrito de Leiria, António Costa recordou o fluxo de emigração no período entre 2010 e 2015, que “só teve paralelo com a emigração dos anos de 1960”, anunciando que o governo vai tomar medidas para inverter a situação.

“Entre 2010 e 2015 tivemos um afluxo emigratório como não tínhamos desde a década de 60 e temos de criar condições únicas e extraordinárias para os que partiram e pretendam voltar a Portugal tenham condições para regressar ao país. Quero aqui dizer claramente: Para o PS, uma das principais prioridades do Orçamento do Estado para 2019 vai ser adotar um programa que fomente o regresso dos jovens que partiram, sem vontade de partir e que têm de dispor da liberdade de poderem voltar a viver entre nós”, declarou, recebendo uma prolongada ovação dos delegados socialistas.

António Costa dedicou grande parte do seu discurso de encerramento às políticas que tenciona adotar a prazo para a inserção das gerações entre os 20 e os 30 anos no mercado de trabalho.

“O próximo orçamento de Estado vai criar condições para que os portugueses que queiram regressar o possam fazer”, sublinhou o líder socialista.

O Orçamento do Estado para 2019, que deverá dar entrada na Assembleia da República até 15 de outubro, será o último antes das eleições legislativas, previstas para 2019.

(Notícia atualizada às 14:01)

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ministro das Finanças, Mário Centeno MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Orçamento pode trazer novo alívio de 200 milhões de euros no IRS

Ponte 25 de Abril

Atrasos no concurso não comprometem arranque das obras na Ponte 25 de Abril

Cabe à Assembleia da República apresentar uma "proposta de medida legislativa" para que a lista de subvenções volte a ser publicada.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

RGDP suspende lista de subvenções vitalícias

Outros conteúdos GMG
Costa: Orçamento de 2019 com medidas para o regresso de emigrantes