Coronavírus

Covid-19. BNA já gastou quase 80% do ‘plafond’ para ajudar as empresas angolanas

Bandeira de Angola

Até 3 de julho Banco Nacional de Angola desembolsou um total de 79,3 mil milhões de kwanzas", cerca de 121 milhões de euros.

O Banco Nacional de Angola já desembolsou quase 80 mil milhões de kwanzas para comprar títulos de dívida pública aos bancos angolanos, numa tentativa de injetar liquidez nas empresas em dificuldades devido à pandemia da covid-19.

“O Banco Nacional de Angola procedeu até ao dia 3 de julho do ano em curso, a 123 operações de compra de Obrigações do Tesouro na plataforma de negociação da BODIVA, referente a compra de títulos a 72 empresas, tendo desembolsado um total de 79,3 mil milhões de kwanzas”, cerca de 121 milhões de euros, lê-se numa nota colocada hoje no site do regulador angolano.

As operações, realizadas junto de 13 bancos, foram lideradas pelo Banco Angolano de Investimentos (BAI) e pelo Banco de Fomento Angola (BFA), com 15 e 14 empresas respetivamente, representando a maioria das operações, com um montante de 41,9 mil milhões de kwanzas (64,2 milhões de euros).

Do total de 100 mil milhões de kwanzas (154 milhões de euros) aprovados no âmbito desta linha de liquidez que visa conferir recursos de tesouraria às empresas, restam agora pouco mais de 20 mil milhões de kwanzas (30 milhões de euros).

Angola registou, até ao momento, 353 casos de infeção e 19 mortos devido ao novo coronavírus.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Banco de Portugal

Bancos concederam moratórias a 741 623 empréstimos entre março e junho

Pingo Doce

PD. Sindicato quer impugnar no Tribunal “golpada” no referendo do banco de horas

Hiper Pingo Doce__00266

Sindicato leva banco de horas do Pingo Doce a tribunal

Covid-19. BNA já gastou quase 80% do ‘plafond’ para ajudar as empresas angolanas