Coronavírus

Covid-19. CTT oferece descontos nos serviços digitais até final de abril

(Miguel Pereira/Global Imagens)
(Miguel Pereira/Global Imagens)

CTT está a oferecer descontos numa série de serviços digitais e de entrega de encomendas a empresas e particulares até fina de abril.

Os CTT estão a lançar um conjunto de descontos nos seus preços e condições especiais nos serviços digitais para empresas e clientes particulares, até 30 de abril, para ajudar a mitigar impacto do surto do Covid-19.

Os Correios que já avançaram com o serviço Criar Lojas Online, permitindo que até ao final de abril as PME possam criar sem custos uma loja online e desse modo escoar o seu produto, vem agora reforçar benefícios para as empresas, permitindo-lhes manter o negócio ativo através de ferramentas self-service online; facilitar o processo de receção de correio e encomendas sem sair de casa, bem como soluções para o envio rápido e online de encomendas, mercadorias e correio.

Na área logística, o operador postal está a oferecer durante três meses a armazenagem gratuita nos Planos de Logística para PME. “Este serviço é uma solução para a gestão de logística integrada, direcionada para PME e startups que já estão ou ambicionam vir a abrir um canal online para a venda dos seus produtos. A solução permite o controlo e gestão do processo logístico numa única plataforma online, possibilitando que estas empresas possam usufruir do conhecimento e experiência dos CTT na atividade logística, desde a receção e recolha, a armazenagem, a preparação, a expedição e entrega e a devolução”, descreve os CTT.

Leia ainda: “CTT querem liderar o desenvolvimento do e-commerce em Portugal”

Está ainda a dar as empresas uma redução de 20% no custo de criação online de campanhas de comunicação, através de um voucher digital, para novos aderentes, até 30 de abril. Este serviço “permite a uma PME, de forma online e self-service, monte as suas campanhas de SMS marketing e e-mail marketing. São soluções múltiplas que fazem chegar as principais mensagens das marcas aos seus públicos sob diferentes formas”.

Nas encomendas o operador postal está a dar descontos numa série de serviços. Para facilitar o processo de receção de correspondência e encomendas sem sair de casa, os CTT estão ainda a oferecer um desconto de 25% no serviço nova morada. E ainda no âmbito da recolha de encomendas está a levar uma promoção, Compre 1 Crédito leve 3, no serviço dos Cacifos 24h, assim como uma redução de 20% no custo do serviço Expresso para Hoje nos envios para PME não contratualizadas em Lisboa, Porto e Braga.

Esta última, explica a empresa, “é uma plataforma digital que suporta um serviço de distribuição de encomendas no próprio dia, num prazo até duas horas. Os pedidos podem ser realizados através da aplicação no telemóvel ou no site. O cliente, através da aplicação ou do site, pode solicitar o envio do seu objeto e acompanhar o percurso do estafeta até ao momento da entrega.”

A este conjunto de ofertas junta-se ainda uma redução de 20% no custo na oferta e-Carta, bem como um desconto de 25% no custo do ViaCTT para novos aderentes.

Ofertas para particulares

Ofertas que, em alguns casos, o operador postal estende aos clientes particulares, em alguns produtos digitais, para o envio e receção de cartas e encomendas. Em concreto, um desconto de 20% do custo dos envios ibéricos e internacionais, permitindo fazer envios de Expresso online partir de casa e os CTT recolhem no seu domicílio; mas também uma redução de 20% no serviço Expresso para Hoje; de 25% no serviço de reexpedição (nacional) de correio, o Alterar Morada, “pelo prazo de um mês.”; e oferta até final de abril do serviço alterar a entrega (antigo Siga) de correspondência ou encomendas para pedidos através dos canais digitais (app CTT ou site CTT). Aos clientes particulares estenderam igualmente a promoção “Compre 1 Crédito leve 3” nos Cacifos 24H.

Vão ainda disponibilizar portes gratuitos até ao final de abril para todas as compras na loja online CTT

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa, Pedro Siza Vieira, ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, e Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.  MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Salários, crédito, moratórias e rendas. O que vai ajudar famílias e empresas

EPA/Enric Fontcuberta

Mais de 100 mil recibos verdes candidataram-se ao apoio à redução da atividade

A ministra da Saúde, Marta Temido.. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

295 mortos e 11 278 casos confirmados de covid-19 em Portugal

Covid-19. CTT oferece descontos nos serviços digitais até final de abril