Consumo

Crédito para compra de carro bate recorde máximo de 2012

Mais carros vendidos em fevereiro
Mais carros vendidos em fevereiro

Maior valor concedido em maio foi para crédito automóvel, num total de 251,521 milhões de euros.

O novo crédito ao consumo subiu 15,1% em maio para 572,237 milhões de euros, em termos homólogos, com os empréstimos para compra de carros a superarem os 250 milhões de euros, valores máximos desde, pelo menos, 2012.

Segundo dados hoje divulgados pelo Banco de Portugal, o valor total emprestado em maio (de 572,237 milhões de euros) significa mais 25,8% do que em abril e mais 15,1% face ao mesmo mês do ano anterior.

Por componentes, o maior valor concedido em maio foi para crédito automóvel, de 251,521 milhões de euros, o valor mais alto desde, pelo menos, 2012, segundo a compilação de dados feita pelo Banco de Portugal.

O montante concedido para compra de automóvel, em maio, representou um aumento de 25% face a abril e de 32% relativamente ao mesmo mês de 2016.

Para a finalidade ‘créditos pessoais (sem finalidade específica, lar, consolidado e outras)’ foram concedidos 227,069 milhões de euros em maio, mais 25,8% em relação a abril e 3,1% em termos homólogos.

Já para financiar despesas de educação e saúde e ‘energias renováveis e locação financeira de equipamentos’ foram concedidos 4,686 milhões, num aumento de 39,7% na variação mensal e 40,1% em termos homólogos.

Por fim, no crédito concedido em ‘Cartões de Crédito, Linhas de Crédito, Contas Correntes Bancárias e Facilidades de Descoberto’, o montante emprestado foi de 88,961 milhões de euros em maio, mais 25,8% face a abril e 15,1% relativamente ao mesmo mês de 2016.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: Tiago Melo

Crédito chega às famílias mas nunca foi tão baixo para as empresas

Centro histórico de Lisboa. Fotografia: Orlando Almeida / Global Imagens

Salários médios sobem no turismo, mas ainda não vão além dos 632 euros

O crédito à habitação foi o setor com o valor mais elevado

Redução no IMT obriga a viver seis anos na mesma casa

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Crédito para compra de carro bate recorde máximo de 2012