Crescimento da produção na construção abranda para 7,7% em junho

O INE considera que este abrandamento do crescimento da produção da construção "reflete em larga medida um efeito de base, uma vez que o mês homólogo foi afetado pela pandemia, tendo o índice diminuído 7,9%".

O Índice de Produção na Construção cresceu 7,7% em junho, menos 0,4 pontos percentuais do que em maio (8,1%) e 0,8% inferior ao observado em maio de 2019, anunciou esta quinta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Num comunicado hoje divulgado, o INE considera que este abrandamento do crescimento da produção da construção "reflete em larga medida um efeito de base, uma vez que o mês homólogo foi afetado pela pandemia, tendo o índice diminuído 7,9%".

Por segmento, o INE indica que a Construção de Edifícios cresceu 4,5% (contra 5,4% em maio) e a Engenharia Civil acelerou para uma taxa de crescimento de 12,6%, mais 0,3 pontos percentuais do que em maio.

O INE indica também que o emprego e as remunerações no setor subiram 2,5% e 8,5% em junho face ao mesmo mês de 2020, contra variações homólogas de 3,0% e 12,9% em maio.

Face a maio, os índices de emprego e de remunerações aumentaram 0,2% e 9,9%, respetivamente (contra variações mensais de 0,7% e 14,3% em junho 2020).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de