Comércio internacional

Crescimento das exportações acelera em julho

exportacoes

No trimestre terminado em julho, as exportações e as importações de bens aumentaram, respetivamente, 9,4% e 8,7% face ao mesmo período de 2017.

As exportações de bens subiram 13% em julho, em termos homólogos, acelerando face ao crescimento de 9% registado no mês anterior, sobretudo devido ao aumento do comércio com países da União Europeia.

“As importações de bens aumentaram 11,0% em termos homólogos, correspondendo a uma desaceleração face à variação registada em junho de 2018”, refere ainda o Instituto Nacional de Estatísticas (INE) no relatório com os dados sobre o comércio internacional de julho.

O défice da balança comercial agravou-se em 32 milhões de euros em julho face ao mesmo mês de 2017, atingindo os 1168 milhões de euros.

“Excluindo os combustíveis e lubrificantes a balança comercial atingiu um saldo negativo de 788 milhões de euros, correspondente a um aumento do défice de 98 milhões de euros em relação a julho de 2017”, adianta o INE.

No trimestre terminado em julho de 2018, as exportações e as importações de bens aumentaram, respetivamente, 9,4% e 8,7% face ao mesmo período de 2017.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E), conversa com o ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno (D), durante o debate parlamentar de discussão na generalidade do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020), esta tarde na Assembleia da República, em Lisboa, 09 de janeiro de 2020. MIGUEL A. LOPES/LUSA

Subida do PIB em 2019 chega aos 2,2% com revisão nas exportações de serviços

Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA

Novo Banco prevê redução de 1,7 mil milhões de malparado em 2020

Sede do Novo Banco, ex-BES, na Avenida da Liberdade.
(Ângelo Lucasl / Global Imagens )

Novo Banco não afasta que possa vir a pedir mais capital ao Fundo de Resolução

Crescimento das exportações acelera em julho