economia mundial

Crescimento dos EUA acelera para 2,6% no segundo trimestre

A onda anti-Trump acabou por não se declarar como esperado. Fotografia: D.R.
A onda anti-Trump acabou por não se declarar como esperado. Fotografia: D.R.

O crescimento da economia norte-americana acelerou no segundo trimestre para 2,6%, menos do que era esperado.

O crescimento da economia norte-americana acelerou no segundo trimestre para 2,6%, menos do que era esperado, de acordo com uma primeira estimativa divulgada hoje pelo Departamento do Comércio.

De abril a junho, o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos foi, em ritmo anual, de 2,6% depois de ter ficado em 1,2% no primeiro trimestre, um número revisto em baixa.

O crescimento anunciado hoje ficou abaixo do previsto pelos analistas, que esperavam uma expansão do PIB de 2,8%.

No segundo trimestre, as despesas dos consumidores tiveram uma vez mais o papel de locomotiva da expansão e aceleraram 2,8%, contra 1,9% no trimestre anterior, mesmo assim um ritmo inferior ao registado nos últimos três meses de 2016.

Sinal de confiança na economia, o investimento das empresas subiu ligeiramente, travando a queda verificada no início do ano.

A despesa pública também avançou, sobretudo com os gastos no setor da despesa.

As exportações cresceram 4,1%, menos do que no primeiro trimestre, quando tinham aumentado em 7%.

As previsões de crescimento da economia dos Estados Unidos em 2017 apontam para 2,1%, o mesmo nível de 2016, apesar da administração liderada por Donald Trump ter prometido que a economia passaria a crescer acima de 3% durante o seu mandato.

A segunda estimativa do PIB dos Estados Unidos será divulgada a 30 de agosto.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E), conversa com o ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno (D), durante o debate parlamentar de discussão na generalidade do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020), esta tarde na Assembleia da República, em Lisboa, 09 de janeiro de 2020. MIGUEL A. LOPES/LUSA

Subida do PIB em 2019 chega aos 2,2% com revisão nas exportações de serviços

Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA

Novo Banco prevê redução de 1,7 mil milhões de malparado em 2020

Sede do Novo Banco, ex-BES, na Avenida da Liberdade.
(Ângelo Lucasl / Global Imagens )

Novo Banco não afasta que possa vir a pedir mais capital ao Fundo de Resolução

Crescimento dos EUA acelera para 2,6% no segundo trimestre