Impostos

Cuidado com os erros no IRS: Podem custar-lhe caro. Saiba quanto

Foto: Sara Matos / Global Imagens
Foto: Sara Matos / Global Imagens

Erros ou omissões na declaração de IRS podem dar lugar à aplicação de coimas.

Diz o ditado popular que “errar é humano”. Mas quando se trata de preencher o IRS, errar pode custar alguns euros aos contribuintes. O Regime Geral das Infrações Tributárias (RGIT) prevê a aplicação de coimas aos contribuintes que cometam erros nas suas declarações. O valor das das coimas a aplicar varia consoante a situação.

Leia também o artigo: O seu estado civil mudou? Veja se isso afeta o seu IRS

Um ponto importante: só há lugar à aplicação de coimas quando o erro (ou omissão) que constam na declaração de IRS prejudicam o Fisco. Neste caso, se os contribuintes corrigirem o erro até 30 dias depois de ter terminado o prazo de entrega do IRS ficarão sujeitos a uma coima de 46,87 euros (ver artigos nº 29 e 119 do RGIT).

Mas se os contribuintes só derem pelo erro cometido na declaração depois de terem passado 30 dias após o fim do prazo legal para a entrega do IRS então estarão sujeitos ao pagamento de uma coima de 93,75 euros (ver alinea b) do artigo nº29 e o artigo nº119 do RGIT).

Leia também o artigo: Cinco perguntas para saber se o seu filho ainda entra no IRS

Em ambas as situações referidas, os contribuintes beneficiam de coimas reduzidas e este valores só são válidos se os contribuintes fizerem o pagamento no prazo de 15 dias. Caso contrário, perdem o direito às coimas reduzidas e estão sujeitos ao pagamento de uma coima mínima de 150 euros (no primeiro caso referido neste texto) ou de 375 euros (para a segunda situação).

Uma nota adicional: Se já entregou a sua declaração de IRS e notou entretanto que cometeu um erro, não se alarme. Quer o erro (ou omissão) o prejudique a si ou ao Fisco não há lugar à aplicação de coimas se corrigir o erro antes de terminar o prazo legal da entrega do IRS. Basta entregar uma declaração de substituição.

Leia também o artigo: 14 dicas para preencher o seu IRS e receber o reembolso mais cedo

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Klaus Regling, líder do fundo da zona euro, e Wolfgang Schäuble, ministro das Finanças da Alemanha, o maior acionista. Fotografia: EPA/JULIEN WARNAND

Maior credor de Portugal rejeita alívio nos juros da dívida

Fotografia:  JOÃO RELVAS/LUSA

CGD. Divulgação dos rendimentos era problema para Domingues

Fotografia: Nacho Doce/Reuters

Obrigações. Lesados da PT Finance vão processar bancos

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Cuidado com os erros no IRS: Podem custar-lhe caro. Saiba quanto