Livro

Cumprir as regras da proteção de dados em 14 passos

Novo Regulamento Geral de Proteção de Dados

O Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) “não foi algo que apareceu do nada nem tão-pouco será algo que desaparecerá rapidamente”. Quem o diz é Nuno Saldanha, autor do livro Novo Regulamento Geral de Proteção de Dados – O Que É? A quem Se Aplica? Como Implementar?

Consultor independente, professor de Estratégia Empresarial e responsável pela implementação de soluções que respeitem o RGPD na consultora Bi4all, Nuno Saldanha diz que o RGPD “não é um tema da moda, mas sim um tema do momento”. Para o autor, o dia 25 de maio de 2018, data da entrada em vigor do novo regulamento, “marca o início de uma nova relação entre as organizações que tratam de dados pessoais e os titulares desses dados, e será da relação que conseguirem estabelecer entre eles que o sucesso do regulamento, ou, mais propriamente, o sucesso da implementação do conjunto de direitos e obrigações constantes desse regulamento, se fará sentir com maior ou menos acuidade”. É que os dados pessoais há muito que deixaram de ser apenas isso. Nesta era digital a informação dos clientes ganhou valor económico.

O objetivo do livro é “ajudar as organizações a implementar novos procedimentos técnicos de tratamento de dados pessoais”. No último capítulo, Nuno Saldanha avança com 14 dicas . Um guia prático para as empresas se adaptarem às novas regras até à entrada em vigor já no próximo mês.
O RGPD tem efeitos sobre o “passado, presente e futuro”, sublinha o consultor. Ou seja, “toda a informação que as organizações europeias tratam, relativa a dados pessoais e que esteja na sua posse, vai ter de estar conforme este regulamento, vai ter de estar em compliance”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
trabalho emprego comissão europeia

Bruxelas quer criar 5 novos impostos e dar 15 mil milhões de euros a Portugal

Vieira da Silva, ex-ministro do Trabalho e Segurança Social. 
Fotografia: Natacha Cardoso / Global Imagens

Governo deve reforçar apoios sociais e aos jovens e rever o lay-off

covid 19 portugal casos coronavirus DGS

1356 mortos e 31292 casos confirmados de covid-19 em Portugal

Cumprir as regras da proteção de dados em 14 passos