davos

Presidente do UBS acredita que BCE não subirá taxas de juro até setembro

Foto: REUTERS/Arnd Wiegmann ,
Foto: REUTERS/Arnd Wiegmann ,

Tendo em conta a evolução da inflação, o BCE pensará muito antes de subir as taxas de juro, sublinhou o presidente do UBS.

O presidente do UBS e antigo membro do Conselho de Governadores do BCE, Axel Weber, disse esta quarta-feira que o BCE não subirá as taxas de juro até muito depois de setembro e nunca antes de terminadas as compras de dívida.

Durante uma entrevista à agência Bloomberg no Fórum Económico Mundial de Davos, Weber assegurou que o Banco Central Europeu (BCE) “será muito cuidadoso e não vai fazer virar o barco”, pelo que não se devem esperar subidas das taxas de juro até finais do ano, que foi o que os mercados assumiram.

Tendo em conta a evolução da inflação, o BCE pensará muito antes de tomar uma decisão, sublinhou o presidente do banco suíço.

Neste momento, o maior risco para a estabilidade económica são possíveis conflitos, de âmbito político, e não dos mercados.

Weber também se referiu à moeda virtual bitcoin, com a qual a entidade suíça não opera nem a oferece aos clientes por temer que no futuro se houver uma correção “os investidores se perguntem quem e por que razão o UBS lhes vendeu este ativo”.

Em relação ao aparecimento de novas bolhas, Weber admitiu que no setor imobiliário “os preços estão muito altos”, por exemplo na Suíça.

O presidente do UBS acredita que no discurso da próxima sexta-feira em Davos, o Presidente dos Estados Unidos se vai centrar na cooperação internacional e no comércio.

O resto do mundo espera conhecer a direção que vai tomar a política comercial norte-americana e há muitas expectativas sobre as negociações do acordo NAFTA (North American Free Trade Agreement).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Mário Centeno ladeado pelos representantes dos dois maiores credores de Portugal: Pierre Moscovici (Comissão) e Klaus Regling (ESM). Fotografia: EPA/JULIEN WARNAND

Centeno usa verbas da almofada de segurança para pagar aos credores europeus

João Cadete de Matos, presidente da Anacom

Fotografia: Vítor Gordo/D.R.

5G. Impugnação pela Altice não põe em causa migração da TDT

Comemoração do "Dia do Batalhão de Telegrafistas", no quartel da Graça.  Fotografia: Global Imagens

Grupo SANA ganha concurso para hotel no Quartel da Graça

Outros conteúdos GMG
Presidente do UBS acredita que BCE não subirá taxas de juro até setembro