Desempenho dos mercados de consumo está a melhorar

A Comissão Europeia concluiu hoje que o desempenho dos mercados de consumo está a melhorar, nomeadamente na área dos bens, segundo os resultados do 10.º Painel de Avaliação dos Mercados de Consumo.

Segundo a última edição do painel, com dados de 2013, mantém-se a tendência de melhoria, iniciada em 2010.

Por outro lado, Bruxelas considerou que os mercados de bens funcionam melhor do que os dos serviços, estando o diferencial a reduzir-se.

Leia também:

Bruxelas tem 280 milhões para financiar projetos ambientais

Em comparação com 2012, alguns dos mercados com os piores desempenhos, como o dos combustíveis e o dos serviços ferroviários, foram os que maiores progressos registaram.

Os serviços bancários "continuam a ser o setor mais problemático, com os produtos de investimento e os empréstimos hipotecários nos últimos lugares da classificação e muito abaixo da média do setor dos serviços".

Bruxelas salientou ainda que os mercados das telecomunicações estão abaixo da média, com resultados muito inferiores no que se refere à confiança, à escolha de fornecedores e à satisfação geral do consumidor, registando a maior incidência de problemas e queixas de todos os grupos do mercado.

Neste setor, o painel destaca pela positiva, os indicadores da comparabilidade e da facilidade em mudar de fornecedor registam valores acima da média e as taxas de mudança são as mais elevadas para todos os grupos do mercado.

Já os serviços públicos, em especial o fornecimento de eletricidade e gás, também são classificados abaixo da média pelos consumidores.

Para a Comissão Europeia, os mercados dos serviços públicos continuam a registar maus resultados em termos de comparabilidade das ofertas, escolha dos operadores, facilidade de mudar de fornecedor e mudança efetiva.

Os mercados dos veículos usados e dos combustíveis continuam a registar maus resultados, com classificações muito abaixo da média.

O Painel de Avaliação dos Mercados de Consumo acompanha o desempenho de 52 mercados de consumo, que vão desde os veículos usados ao alojamento turístico.

Os mercados são classificados pelos consumidores no âmbito de um inquérito realizado à escala da UE, com base em quatro indicadores: comparabilidade das ofertas, confiança nas empresas, problemas e queixas e satisfação com as empresas.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de