Desemprego estabiliza pela primeira vez em 6 meses: 17,5%

Há 705 mil inscritos nos centros
Há 705 mil inscritos nos centros

Portugal continua a apresentar a terceira maior taxa de desemprego da zona euro, mas em fevereiro este indicador estabilizou para se fixar em 17,5%. Desde agosto de 2012 que o desemprego não estabilizava em Portugal. O mesmo se verificou na zona euro, que registou uma taxa de desemprego de 12%, um valor idêntico ao do mês anterior (depois de revistos os 11,9%), mas um novo recorde para a região.

Segundo dados hoje revelados pelo Eurostat, o desemprego em Portugal, continua o terceiro mais elevado do euro, logo depois da Grécia (26,4%, em dezembro de 2012) e Espanha (26,3%). Por seu lado, as taxas mais baixas registaram-se na Áustria (4,8%), Alemanha (5,4%), Luxemburgo (5,5%) e Holanda (6,2%).

No total do mês, a zona euro registou 19.071 milhões de desempregados. Na União Europeia o número de desempregados subiu para 26.338 milhões, sendo que destes, 5.694 milhões eram jovens com menos de 25 anos. No euro, o Eurostat dá conta de 3.581 milhões de jovens desempregados.

Face ao ano passado, as subidas foram expressivas tanto no euro como na União Europeia a 27. A taxa de desemprego na zona euro subiu de 10,9% para 12% e no conjunto da União Europeia este indicador passou de 10,2% para 10,9%.

A variação homóloga tem mais peso em Chipre, onde o desemprego foi de 14%, em fevereiro. No ano passado, a taxa registada foi de 10,2%, enquanto que este ano foi registado um valor de 14%.

O Chipre junta-se aos restantes países do sul da Europa onde o desemprego registou um subida homóloga. Em Portugal foram 2,7 pontos acima, este ano; em Espanha registou-se um aumento de 2,4 pontos; na Grécia os últimos dados ainda não permitem uma comparação. A excepção surge no desemprego da Irlanda, que começou a cair no ano passado e que em fevereiro registou 1,1 pontos menos que no mesmo mês de 2012.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Sede Caixa Geral de Depósitos, em Lisboa

As respostas da CGD sobre o plano de recapitalização

Foto: Jorge Amaral / Global Imagens

BES. BdP avisou mas acionistas foram “passivos”

Foto: DR

CGD com melhor taxa do que Banco Popular de Espanha, diz Governo

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Desemprego estabiliza pela primeira vez em 6 meses: 17,5%