EUA

Desemprego nos EUA baixa para 3,5% com 266 mil novos empregos

Donald Trump, Presidente dos Estados Unidos (REUTERS/Leah Millis)
Donald Trump, Presidente dos Estados Unidos (REUTERS/Leah Millis)

Criação de emprego nos Estados Unidos subiu bastante mais do que o previsto em novembro

A criação de emprego nos Estados Unidos subiu bastante mais do que o previsto em novembro (266 mil novas contratações) e a taxa de desemprego baixou para 3,5%, anunciou hoje o Departamento do Trabalho.

A subida do número de empregos deve-se ao regresso ao trabalho na General Motors após uma greve histórica e prolongada, bem como à solidez registada nos setores da saúde e serviços, segundo os dados divulgados.

Este número ficou bastante acima do esperado pelos analistas, que apontavam para 182 mil novos postos de trabalho. Só no mês de janeiro foi registado um número superior (312 mil).

A taxa de desemprego baixou para 3,5%, menos uma décima em relação ao mês anterior.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Vista aérea da Praça dos Restauradores em Lisboa, Portugal, 24 Março de 2020. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

A economia entrou em estado de quarentena

Lisboa, 10/05/2019 - Vida do Dinheiro (DN-TSF) - Isabel Furtado, presidente da Cotec e da TMG.
Isabel Furtado
(Gerardo Santos / Global Imagens)

Covid-19: “Medidas têm de ser estratégicas e não apenas imediatas e impulsivas”

Ursula  von der Leyen, presidente da Comissão Europeia. Fotografia: Kenzo Tribouillard/AFP

Comissão Europeia vai rever proposta de orçamento da UE

Desemprego nos EUA baixa para 3,5% com 266 mil novos empregos