Coronavírus

DGS admite dupla contagem de casos no Porto

Fotografia: José Coelho/EPA
Fotografia: José Coelho/EPA

Os dados do Sinave vão ser os únicos a ser tidos em conta. A alteração da metodologia pode levar a que sejam reportados apenas 70% a 75% dos casos.

O número de infetados pelo novo coronavírus no Porto registou um aumento de 524 notificações entre domingo e segunda-feira, passando o concelho de 417 para 941 casos. No entanto, o número pode estar sobredimensionado.

Segundo o JN, o balanço diário da pandemia assenta numa “metodologia mista”, que recolhe dados reportados pelas administrações regionais de saúde e pela plataforma SINAVE (Sistema Nacional de Vigilância Epidemiológica), na qual os médicos inserem a informação sobre os doentes. A Direção-Geral da Saúde disse a este jornal que “o universo pode ser indevidamente maior do que o número de casos por dupla contagem”.

Hoje serão utilizados apenas os dados do SINAVE, deixando de ser tidos em conta os dados reportados pelas autarquias. Esta alteração pode levar a que sejam reportados apenas 70% a 75% do total de casos no país.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa. JOÃO RELVAS/POOL/LUSA

Centros comerciais e Lojas do Cidadão em Lisboa encerrados até 04 de junho

Fotografia: D.R.

Teletrabalho continua obrigatório para grupos de risco e pais sem escola

Movimento de utentes numa estação do Metropolitano de Lisboa, durante a pandemia da covid-19, em Lisboa, 19 de maio de 2020. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

AML quer mais oferta de transportes e reforço da higienização

DGS admite dupla contagem de casos no Porto