Dia da Mulher

Direitos das mulheres: Quatro décadas de evolução

A carregar player...

O Dinheiro Vivo faz uma breve (e resumida) cronologia da evolução dos direitos das mulheres em Portugal

Nunca é demais lembrar, e Eduardo Cabrita, ministro adjunto, voltou a fazê-lo esta terça-feira, a propósito do Dia Internacional da Mulher: “ao fim de 40 anos de democracia, a desigualdade entre homens e mulheres persiste na vida, em diferentes domínios”.

Mas a evolução existe. Há quatro décadas, as mulheres lutavam para ter direito a votar e, no caso das casadas, para gozarem dos mesmos direitos que os seus maridos.

Hoje, lutam para quebrar as chamadas “barreiras invisíveis”: ter acesso às mesmas oportunidades que têm os homens no que toca a exercer cargos de liderança, ou ganhar um salário igual quando desempenham um trabalho igual.

Neste vídeo, o Dinheiro Vivo faz uma breve (e resumida) cronologia da evolução dos direitos das mulheres em Portugal.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa, e o ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: PATRICIA DE MELO MOREIRA/AFP

Exportações e turismo afundam 9,6% e geram recessão de 2,3% no 1º trimestre

Cartões de crédito e débito. Fotografia: Global Imagens

Malparado: 10% das famílias com crédito está em incumprimento

Fotografia: José Sena Goulão/Lusa

Um quarto das empresas de alojamento e restauração está em incumprimento

Direitos das mulheres: Quatro décadas de evolução