Finanças Públicas

Dívida pública aumenta para 249,7 mil milhões em 2019

O ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA
O ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Dívida pública situou-se em 249,7 mil milhões de euros no ano passado, aumentando 600 milhões de euros em relação a 2018, revela o Banco de Portugal.

A dívida pública situou-se em 249,7 mil milhões de euros no final de 2019, aumentando 600 milhões de euros em relação a 2018, segundo os dados hoje divulgados pelo Banco de Portugal (BdP).

A expectativa do ministro das Finanças, Mário Centeno, era de que a dívida pública baixasse em 2019 em valor nominal face ao ano anterior, tal como noticiou o Dinheiro Vivo no mês passado.

Numa intervenção no parlamento no dia 10 de janeiro, Centeno afirmou que “dentro em breve, poderemos vir a saber que em 2019 a dívida pública portuguesa já terá baixado em termos nominais. Estamos à espera de uma boa notícia”.

Para este acréscimo, refere o BdP, “contribuiu o aumento dos títulos de dívida (2,3 mil milhões de euros) e das responsabilidades em depósitos (1,0 mil milhões de euros), por via, principalmente, de certificados do Tesouro”.

“Estas variações foram em parte compensadas pela amortização de empréstimos (2,7 mil milhões), em grande medida influenciada pelo reembolso antecipado de 2,0 mil milhões de euros de empréstimos obtidos no âmbito da Facilidade Europeia de Estabilidade Financeira (FEEF) do Programa de Assistência Económica e Financeira”, acrescenta o banco central.

Os ativos em depósitos das administrações públicas diminuíram 2,1 mil milhões de euros em 2019, pelo que a dívida pública líquida de depósitos registou um acréscimo de 2,7 mil milhões de euros em relação ao ano anterior, totalizando 235,3 mil milhões de euros.

Notícia atualizada às 12:13 com mais informação

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Biedronka assegura 68% das vendas; Pingo Doce 24%

Jerónimo Martins vai impugnar coima de 24 milhões na Polónia

Parque Eólico

EDP Renováveis vende sete parques eólicos à Finerge em Espanha

Luís Máximo dos Santos é presidente do Fundo de Resolução.

Fundo de Resolução diz que comprador da GNB tinha a proposta “mais atrativa”

Dívida pública aumenta para 249,7 mil milhões em 2019