Segurança Social

Dívida à Segurança Social aumentou 243 milhões em 2017

Ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, José Vieira da Silva.  Foto: Jorge Amaral/Global Imagens
Ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, José Vieira da Silva. Foto: Jorge Amaral/Global Imagens

Dívida agravou-se 2,5% em 2017. Ministério prefere destacar maior eficácia da cobrança e descida das dívidas em processo de execução fiscal.

No último ano, a dívida total bruta à Segurança Social chegou aos 9.727,5 milhões de euros, registando um aumento de 234 milhões face a 2016, avançou o Negócios esta quinta-feira.

Apesar deste aumento, os números fornecidos pelo Ministério do Trabalho ao mesmo jornal revelam que a dívida de cobrança duvidosa, ou seja, aquela que já foi participada para efeitos fiscais em mora há mais de seis meses, diminuiu 48,8 milhões, para 5.681 milhões de euros.

O Ministério não quis revelar o valor das dívidas incobráveis e preferiu apenas destacar que a receita das contribuições em 2017 chegou aos 15.714,4 milhões de euros, uma variação positiva de 6,34% face a 2016, “denotando-se uma maior capacidade e eficácia de cobrança de contribuições nos prazos legais de pagamento, sem que constituísse dívida de contribuições”.

Foi ainda revelado que a dívida da conta-corrente de curto prazo subiu 3,3%, onde se verificou “um aumento do montante total da dívida abrangida por acordos prestacionais em cerca de 204,3 milhões de euros” e que a cobrança de dívidas totalizou 1.249,3 milhões de euros nos dois anos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Base Aérea n.º 6, no Montijo, que será adaptada para a aviação civil caso aí avance a construção do novo aeroporto de Lisboa. Fotografia: Paulo Spranger/Global Imagens

Montijo: Novo aeroporto já tem luz verde definitiva

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva  (MIGUEL A. LOPES/LUSA)

Ministro defende atuação do Governo: Portugal “fará o que tem feito”

Cláudia e Paulo Azevedo
(José Carmo/Global Imagens)

Sonae “está a acompanhar com atenção e preocupação”

Dívida à Segurança Social aumentou 243 milhões em 2017