Energia

Dourogás investe 58 milhões em redes de gás natural em Bragança e Vila Real

Sem Título

O plano de investimento da Dourogás ronda os 58 milhões de euros, dos quais 25 milhões serão investidos ainda este ano.

Depois da venda da comercializadora Goldenergy à suiça Axpo, para concentrar mais a sua atividade na construção de redes de gás, o Grupo Dourogás, através da Sonorgás, empresa do grupo responsável pela construção e gestão das infraestruturas, prevê um investimento de cerca de 58 milhões de euros nas redes de distribuição de gás natural em 18 concelhos dos distritos de Bragança e de Vila Real.

Com o foco do negócio na construção de redes e em novos projetos de biogás, Nuno Moreira,
CEO da Dourogás, disse em comunicado que este projeto “representa um investimento significativo e uma aposta clara na valorização do interior, na promoção da coesão social e territorial, na melhoria da qualidade de vida das populações, na redução da fatura para os consumidores e no incremento de oportunidades para as empresas que têm no gás natural um fator acrescido de competitividade”.

Esta sexta-feira, 5 de julho, o secretário de Estado da Energia, João Galamba, estará presente na cerimónia de lançamento da “primeira pedra” das Redes de Distribuição de Gás Natural de Celorico de Basto, Mesão Frio e Miranda do Douro e entrega das respetivas licenças de distribuição.

Para o responsável executivo da Dourogás, “a presença do Secretário de Estado nestas cerimónias representa um sinal claro de compromisso com o desenvolvimento do interior e é uma oportunidade para mostrarmos, no terreno, como a iniciativa privada, em regime de concessão, pode ser um ator essencial na construção de um Portugal melhor, mais equitativo, mais solidário e mais justo”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

1400 empresas já pediram para aderir ao novo lay-off, apoios só a 28 de abril

Algarve, Portugal. Fotografia: D.R.

Algarve lança campanha. “Fiquem em casa para regressarem com mais saudade”

Veículos da GNR durante uma operação stop de sensibilização para o cumprimento do dever geral de isolamento, na Autoestrada A1 nas portagens dos Carvalhos/Grijó no sentido Sul/Norte, Vila Nova de Gaia, 29 de março de 2020. MANUEL FERNANDO ARAÚJO/LUSA

Mais de 80 detidos e 1565 estabelecimentos fechados

Dourogás investe 58 milhões em redes de gás natural em Bragança e Vila Real