Web Summit 2018

E se chegasse à Web Summit de barco?

A carregar player...

Os barcos da Hello Boat partem todas as manhãs do cais do Sodré em direção à marina do Parque das Nações. As viagens variam entre os 12 e os 17 euros.

A Hello Boat vai oferecer uma alternativa para quem quer escapar à confusão do metro, que tem greve marcada para a manhã de 6 e 8 de novembro, e dos transportes públicos para chegar à Web Summit. A partir de segunda-feira terá dois ‘barcos táxi’ que partem do Cais do Sodré em direção à marina do Parque da Nações, a cada 30 minutos. A viagem dura aproximadamente 20 minutos e custa 12 euros, com a possibilidade de adquirir um passe de três dias por 50 euros.

Durante a manhã, os barcos partem do cais do Sodré entre as 08h30 e as 10h30, e fazem apenas a viagem de ida. Durante a tarde, estão novamente disponíveis na marina do Parque das Nações para a viagem de regresso, entre as 15h30 e as 18h30. Todos os bilhetes podem ser comprados no site oficial da Hello Boat ou dentro do Altice Arena.

Quem não quiser fazer o percurso a pé, desde a marina até ao Altice Arena, pode alugar um sitway, por mais 5 euros no valor do bilhete. A Hello Boat fez uma parceria com a empresa destes veículos, a SitGo, por isso se quiser incluir o serviço de sitway terá sempre que pagar um valor extra.

“Cada percurso dura aproximadamente vinte minutos, e comparando com o caos que vai estar nas estradas é incomparavelmente mais vantajoso do que ir de carro ou de transportes públicos”, garante Hugo Castro, diretor da Hello Boat em Portugal, ao Dinheiro Vivo.

A Hello Boat quer oferecer um meio de mobilidade no rio, que opere durante o dia, para transportar pessoas de um ponto para o outro da cidade, explica Hugo Castro. Os barcos operam no rio Tejo desde julho deste ano, e até ao final de outubro já transportaram cerca de 1500 passageiros.

A terceira edição da conferência de tecnologia Web Summit decorre de 6 a 8 de novembro, no Altice Arena, no Parque das Nações.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Miguel Pina Martins, CEO da Science4you.

(Nuno Pinto Fernandes/Global Imagens)

Science4you quer alargar prazo da oferta pública até fevereiro

Fotografia: DR

Trabalhadores dos impostos avançam para a greve

(Carlos Santos/Global Imagens)

Porto de Setúbal: Acordo garante fim da greve às horas extraordinárias

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
E se chegasse à Web Summit de barco?