Imobiliário

Edifício histórico dá origem a 46 apartamentos de luxo nos Restauradores

Localizado numa das mais icónicas zonas da cidade, que liga a Avenida da Liberdade à baixa de Lisboa, o The Boulevard tem uma área de construção de 5.914 metros quadrados. (Foto cedida em nota de imprensa)
Localizado numa das mais icónicas zonas da cidade, que liga a Avenida da Liberdade à baixa de Lisboa, o The Boulevard tem uma área de construção de 5.914 metros quadrados. (Foto cedida em nota de imprensa)

Reabilitação do edifício representa um investimento de 25 milhões de euros. Piso térreo destina-se exclusivamente ao comércio.

Localizado na Praça dos Restauradores, em Lisboa, foi ontem inaugurado o The Boulevard. O edifício histórico, agora reabilitado, mas mantendo a fachada, representa um investimento de 25 milhões de euros, iniciativa da promotora imobiliária AM|48.

São 46 apartamentos de luxo, tipologias T1 e T2, além do piso térreo exclusivamente dedicado ao comércio, com a assinatura da Vão Associados. O projeto, que cativou sobretudo investidores internacionais, oferece vários serviços característicos da habitação de luxo, como segurança/porteiro 24h, salão polivalente e zona de esplanada com pátio interior.

Distribuídos em seis pisos, os 34 apartamentos T1 tem áreas entre 43 e 80 metros quadrados, já as áreas dos 12 apartamentos T2 oscilam entre os 84 e os 105 metros quadrados. O metro quadrado custa entre sete e oito mil euros.

No rés-do-chão, há espaço para seis lojas, algumas já atribuídas à Levi’s, sapataria Ecco e farmácia Estácio.

“É um privilégio devolver à cidade um edifício histórico, requalificado, que prestigia a sua localização e reforça a oferta de projetos imobiliários de luxo. À semelhança do que acontece noutras capitais europeias, estas intervenções valorizam o património, atraem investimento e contrariam a desertificação nos centros da cidade”, afirma Alejandro Martins, engenheiro e CEO da AM|48, citado em nota de imprensa.

O nome “The Boulevard” é um tributo ao passeio público que, no passado, ocupava o espaço agora conhecido como Avenida da Liberdade.

Para 2020 está prevista a conclusão do Promenade, um edifício localizado na Avenida 24 de Julho, que também irá destinar-se à habitação de luxo.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O presidente do Novo Banco, António Ramalho, discursa na cerimónia de lançamento do Projeto de Divulgação Cultural do Novo Banco. Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Bruxelas. Novo Banco custa mais 0,3% do PIB em 2020, vírus não se sabe

O ministro da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira. TIAGO PETINGA/LUSA

Linhas de crédito abertas a todos os setores a partir de hoje

DR

Agricultura prepara recrutamento de trabalhadores em lay-off

Edifício histórico dá origem a 46 apartamentos de luxo nos Restauradores