Portugal Mobi Summit 2019

EDP assina contrato com o Benfica para instalar 20 carregadores elétricos

A carregar player...

Os 20 carregadores para veículos elétricos serão instalados no Estádio da Luz e na Academia do Seixal

Vera Pinto Pereira, CEO da EDP Comercial, anunciou esta quinta-feira na segunda edição do Lisbon Mobi Summit que a comercializadora de energia elétrica se quer posicionar como “relevante no ecossistema da mobilidade”. Para isso, a EDP acaba de fechar uma parceria com o Sport Lisboa e Benfica, que vai passar a ter 20 pontos de carregamento para veículos elétricos no estádio da Luz e também na Academia de treinos, no Seixal.

Além disso, a EDP está também a desenvolver soluções para frotas como a petrolífera BP.

“Junto ao Estádio da Luz, haverá um ponto ultrarrápido, o primeiro da EDP, que consegue carregar uma bateria em apenas um terço do tempo, em comparação com os carregadores rápidos. Estes postos serão ligados à rede pública MOBI.E a partir do início do próximo ano e poderão ser utilizados por qualquer utilizador de veículos elétricos”, informou depois a empresa em comunicado.

Com esta e outras parcerias, a EDP tem como objetivo, tal como já tinha anunciado o CEO António Mexia, alargar a rede da empresa a 300 pontos de carregamento público (na sua maioria rápidos) até ao final do próximo ano, que poderão ser utilizados por 10.000 cartões de mobilidade EDP, e por todos os cartões de mobilidade de outros operadores, frisou Vera Pinto Pereira.

Há um ano, na primeira edição do Lisbon Mobi Summit, a CEO da EDP Comercial anunciou a criação de uma rede privada de carregadores para frotas elétricas ao serviços de plataformas de transportes como a Uber, entre muitas outras que já operam em Portugal.

“Estamos a percorrer um caminho de consolidação da nossa estratégia. Através de uma rede de carregamento pública em locais-chave, de fácil acesso e elevado tráfego, contando com o apoio de parceiros-chave em diferentes áreas de negócio e que permitem oferecer capilaridade e conveniência aos nossos clientes. Seja com distribuidoras de combustível, como a BP, ou em unidades de lazer, como o Grupo Pestana e Hotéis Vila Galé”, disse a CEO.

Dentro de casa, a EDP também tem desenvolvido soluções de carregamento, como a Wallbox EDP, que facilita o carregamento de veículos elétricos em moradias; e a nova oferta Wallbox Condomínios para garagens partilhadas, e que vai permitir responder a quem, hoje em dia, encontra constrangimentos para carregar o seu carro elétrico em prédios.

Além da mobilidade elétrica, a EDP está também determinada a “liderar a transição energética” e tem já uma visão para 2030: “90% da energia que vamos produzir será renovável. Vamos reduzir em 90% as emissões específicas, em comparação com os níveis de 2005. Não vamos utilizar carvão para produzir energia e vamos procurar potenciar o valor do novo consumidor de energia”, prometeu.

Para isso, a aposta será na geração solar, “alimentada por mais de quatro milhões de painéis solares e oferecendo soluções de mobilidade elétrica, que queremos que cheguem a mais de 1 milhão de clientes”.

Primeiro carregador ultrarápido da EDP será na Luz

As localizações escolhidas para a parceria entre a EDP e o SLB são privilegiadas para quem frequenta as instalações do Sport Lisboa e Benfica e as infraestruturas comerciais junto ao estádio: para os sócios, adeptos e público, estarão disponíveis postos de carregamento nos parques P1, P5 e P8 do Estádio da Luz. Os colaboradores e atletas do clube poderão carregar os veículos elétricos nos parques P2 e P3.

“Desta forma, o clube dá mais um passo decisivo na transição energética, que já tinha iniciado com a instalação de 1.200 painéis solares da EDP Comercial no Benfica Futebol Campus. A central fotovoltaica está em regime de autoconsumo, o que permite ao clube poupar 52 mil euros por ano na fatura de eletricidade”, referiu a EDP em comunicado, acrescentando que este acordo “se poderá alargar também a vantagens para os sócios do clube”.

“Hoje damos mais um passo relevante no alargamento da rede pública de carregamento com a parceria com o Benfica, trazendo mobilidade elétrica aos milhares de visitantes do Estádio da Luz. É através de parcerias como esta que queremos cumprir a meta ambiciosa de ter 300 pontos de carregamento na rede pública até ao final do próximo ano, dando um sinal claro a quem quer aderir à mobilidade elétrica: a EDP está a dar resposta aos desafios de quem, como nós, acredita na urgência de escolher opções mais sustentáveis”, destaca Vera Pinto Pereira, CEO da EDP Comercial.

Criar soluções para frotas empresariais com a BP

Esta parceria foi anunciada pela CEO da EDP Comercial na segunda edição do Portugal Mobi Summit. A EDP já começou a instalar os 30 postos de carregamento acordados na parceria com a BP, mas as duas empresas decidiram agora aprofundar esta parceria para facilitar a transição das frotas empresariais para veículos elétricos e, em breve, vão lançar o primeiro cartão, destinado a frotas empresariais híbridas, de veículos a combustão e veículos elétricos.

O cartão terá as vantagens que os clientes encontram atualmente nos cartões BP Plus e no cartão EDP Mobilidade Elétrica.

Enquanto comercializador de eletricidade para a mobilidade elétrica, a EDP Comercial já emitiu cerca de 12 mil cartões, tendo sido carregados mais de 350MWh de energia nos postos da empresa, desde que a utilização da rede pública começou a ser cobrada, em novembro de 2018

A era da eletrificação, mudança em alta rotação

A carregar player...

Vera Pinto Pereira afirmou que a empresa pretende ter, até final de 2020, 300 postos de carregamento elétrico públicos e 750 privados. A responsável assumiu que a EDP “quer ser empresa relevante no ecossistema da mobilidade”. “Não queremos ficar por aqui”, disse.

Veja toda a cobertura do Portugal Mobi Summit 2019.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ana Catarina Mendes, líder parlamentar do PS. Fotografia:  Pedro Rocha / Global Imagens

PS quer acabar com vistos gold em Lisboa e no Porto

O ministro das Finanças, Mario Centeno. Fotografia ANDRÉ KOSTERS/LUSA

Finanças. Défice foi de 599 milhões de euros em 2019

João Paulo Correia, deputado do PS. MÁRIO CRUZ/LUSA

PS avança com aumento extra das pensões mas a partir de agosto

EDP assina contrato com o Benfica para instalar 20 carregadores elétricos