Energia

EDP Brasil quer duplicar presença no país até 2020

Miguel Setas, presidente da EDP Brasil
Miguel Setas, presidente da EDP Brasil

Com um valor de cerca de 2 mil milhões de euros, a EDP Brasil é a oitava maior empresa do índice brasileiro de companhias de energia elétrica.

A EDP quer duplicar o seu tamanho no Brasil até 2020, com impulso na distribuição e transmissão de energia, um segmento onde prevê investir cerca de 705 milhões de euros nos próximos quatro anos, foi hoje anunciado.

Em declarações à agência Bloomberg, o presidente da EDP no Brasil (EDPB), Miguel Setas, adiantou que o segmento de transmissão deverá passar a representar 20% do EBITDA (resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações) da empresa até 2021, sendo que, atualmente, esta área não tem expressão no resultado da energética.

O responsável da EDP no Brasil disse ainda que a empresa está “completamente otimista” com a economia do país, afirmando que, com taxas de juro de um dígito e uma inflação moderada, falta apenas crescimento e materialização da agenda de reformas do Governo.

O plano de crescimento da empresa inclui também a monitorização de oportunidades para controlar ou aumentar a sua participação nas centrais Santa Catarina, bem como adquirir outros ativos estratégicos.

Miguel Setas acrescentou também que o segmento da energia solar está igualmente nos planos da empresa.

Com um valor de mercado de 9,4 biliões de reais (cerca de 2 mil milhões de euros), a EDP Brasil é a oitava maior empresa do índice brasileiro de companhias de energia elétrica.

De acordo com os dados avançados pela Bloomberg, nos primeiros nove meses de 2018, a empresa registou 748,7 milhões de reais (sensivelmente 175 milhões de euros) de lucro líquido ajustado.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O presidente do Conselho Geral e de Supervisão da ADSE, João Proença, durante a sua audição na Comissão de Saúde, na Assembleia da República, em Lisboa, 27 de fevereiro de 2019. MÁRIO CRUZ/LUSA

ADSE já enviou novas tabelas de preços aos privados para negociação

Mario Draghi, Presidente do Banco Central Europeu. REUTERS/Kai Pfaffenbach

BCE discutiu pacote de medidas para estimular economia na reunião de julho

Hotéis de Lisboa esgotaram

“Grandes” eventos impulsionaram aumento dos preços na hotelaria em junho

Outros conteúdos GMG
EDP Brasil quer duplicar presença no país até 2020