Energia

Afinal, a luz vai aumentar em 2018. EDP Comercial sobe preços em 2,5%

António Mexia, presidente executivo da EDP. Fotografia: REUTERS/Pedro Nunes
António Mexia, presidente executivo da EDP. Fotografia: REUTERS/Pedro Nunes

A EDP Comercial vai aumentar o preço da eletricidade em 2018. O aumento médio deverá rondar os 2,5%, informou a energética.

Os clientes já começaram a ser informados através de carta ou email sobre a atualização das tarifas, e têm 14 dias para rescindir o contrato e mudar de operador, caso queiram.

Os aumentos terão efeito a partir de 18 de janeiro do próximo ano. Na prática, uma fatura média mensal de 43,1 euros vai aumentar um euro, para 44,1 euros. A mudança vai afetar os 4,2 milhões de clientes da EDP Comercial.

Face ao mercado regulado, os preços da EDP serão 0,80 cêntimos mais elevados.

A EDP garante, no entanto, que “mantém os preços competitivos face ao mercado regulado”, exceto na tarifa bi-horária.

No caso de um casal sem filhos, por exemplo, os preços mantêm-se 0,4% abaixo do mercado regulado, explica a empresa. Já para um casal com dois filhos, os preços ficam 0,7% abaixo dos praticados no mercado regulado. Um casal com quatro filhos pagará menos 1,3%.

A elétrica garante que quis “privilegiar as famílias” cujo consumo de eletricidade seja mais elevado.

A EDP optou ainda por não oferecer aos clientes a possibilidade de regressar à tarifa equiparada ao mercado regulado.

Segundo o último relatório sobre o mercado liberalizado da eletricidade divulgado pela ERSE, a EDP Comercial é o principal operador do mercado livre de energia em número de clientes, com uma quota de 84%.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Estado ‘devolve’ em deduções 60% do Adicional ao IMI que cobra

Amoreira Óbidos

Espanha desapareceu do mapa e França descobriu o velho oeste português

António Mexia  (EDP) durante a cerimonia de assinatura de financiamento por parte do Banco Europeu de Investimento (BEI) da Windfloat Atlantic. Um projecto de aproveitamento do movimento eólico no mar ao largo de Viana do Castelo.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

EDP quer exportar tecnologia do maior parque eólico flutuante do mundo

Outros conteúdos GMG
Afinal, a luz vai aumentar em 2018. EDP Comercial sobe preços em 2,5%