EDP lança OPA para aquisição dos 22,47% que não detém na EDP Renováveis

A casa mãe quer comprar a subsidiária a 6,80 euros por ação.

A comunicação foi feita esta segunda-feira à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). A EDP quer lançar uma oferta pública de aquisição sobre a sua subsidiária, a EDP Renováveis, pretendendo comprar os 22,47% do capital da empresa que ainda não controla.

O grupo liderado por António Mexia oferece 1,33 mil milhões de euros, comprando cada ação a 6,80 euros. O valor representa uma valorização de 8,5% face à atual cotação da Renováveis, que fechou hoje nos 6,267 euros por ação.

A EDP admite que, caso venha a deter, em resultado da oferta, mais de 90% do capital da Renováveis, irá ponderar retirar da bolsa as ações da subsidiária.

No comunicado pode ler-se que "é intenção da Oferente dar continuidade à atividade empresarial da Sociedade Visada e das suas subsidiárias, mantendo a linha estratégica definida pelo conselho de administração da Sociedade Visada e a confiança no mesmo e na respetiva requipa de direção".

A OPA pressupões "a não ocorrência de qualquer alteração substancial nos mercados financeiros nacionais e internacionais das respetivas instituições financeiras".

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de