Eletricidade. Mudar de fornecedor permite poupança de 10% face à tarifa regulada

Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos comparou as várias ofertas lançadas pelos comercializadores em janeiro para os consumidores domésticos

A ERSE - Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos fez uma análise às novas ofertas de eletricidade lançadas pelos comercializadores em janeiro e concluiu que, dos 21 comercializadores do mercado livre com ofertas de eletricidade para consumidores domésticos, 11 apresentam reduções de preços na sua oferta mais competitiva. Redução essa que chega a ser de 10% ou mais. Para um casal sem filhos a Iberdrola tem a oferta mais competitiva. Já para um casal com dois filhos é a GoldEnergy que apresenta o maior desconto face à tarifa regulada.

"Com base na opção horária simples e incluindo serviços adicionais, avaliam-se as novas ofertas mais competitivas de cada comercializador para os consumidores-tipo 1, 2 e 3 do simulador de preços de energia da ERSE, ou seja, casal sem filhos (potência contratada de 3,45 kVA e consumo anual de 1 900 kWh), casal com dois filhos (potência de 6,9 kVA e consumo anual de 5 000 kWh) e casal com quatro filhos (potência de 13,8 kVA e consumo anual de 10 900 kWh)", explica a ERSE na nota emitida, dando conta que esta análise permite perceber como comparam as novas ofertas comerciais em mercado, em termos percentuais, face à tarifa regulada, fixada pelo regulador e que, para 2021, baixou 0,6% face ao ano anterior.

Assim, para um casal sem filhos, com uma potência contratada de 3,45 kVA e um consumo anual de 1900 kWh, há 12 comercializadores com um preço mais competitivo do que a tarifa regulada. A oferta comercial que lhe garante a menor fatura mensal é da Iberdrola, com o seu Plano Outono-Inverno, que tem um valor mensal de 31,40 euros, equivalente a um desconto de 13% face à tarifa regulada. São menos 4,7 euros por mês. Logo de seguida posiciona-se a Endesa com a Tarifa Simples e a Galp Power com a plano Casa & Continente Eletricidade Verde. Ambas asseguram descontos da ordem dos 9% face ao mercado regulado, correspondentes a poupanças mensais de 3,5 e 3,3 euros, respetivamente.

Já no caso de um casal com dois filhos (potência de 6,9 kVA e consumo anual de 5 000 kWh), há 14 comercializadores com preços mais competitivos do que a tarifa regulada. O mais baixo é o da GoldEnergy, com a sua oferta Monoeletrico ACP 2021, com um valor de 81,3 euros/mês. Equivale a um desconto de 9% e a uma poupança mensal de 8,4 euros face mercado regulado. Seguem-se a EDP Comercial, com a oferta Eletricidade Desconto de Amigo CC+DD+FE, e a Iberdrola, com o Plano Outono-Inverno, com descontos de 9% e 7% e poupanças mensais de 8,1 euros e 6 euros, respetivamente.

Por fim, e no que ao consumidor tipo 3 diz respeito, ou seja, um casal com quatro filhos (potência de 13,8 kVA e consumo anual de 10 900 kWh), há 16 comercializadores com preços mais competitivo do que os regulados, sendo que a EDP Comercial, com o plano Eletricidade - Desconto Amigo, é a mais barata, com um valor mensal de 173,6 euros, o que dá um desconto de 10%. A poupança mensal é de 18,8 euros face à tarifa regulada. Seguem-se as ofertas Monoeletrico ACP 2021 da GoldEnergy e Plano Outono-Inverno da Iberdrola, com descontos de 9% e 6%, correspondentes a poupanças mensais de 16,5 euros e 11,2 euros, respetivamente.

Feitas as comparações, a ERSE recomenda aos consumidores que verifiquem as suas faturas, designadamente para perceberem se o valor que pagam é maior ou menor do que o do mercado regulado, que consultem as novas ofertas no mercado. Se estiverem a pagar mais, contratem nova oferta ou comercializador. No site do regulador encontra materiais informativos vários, incluindo informação sobre como mudar de comercializador. Se preferir, assista ao vídeo explicativo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de