Road to China

Embaixador chinês confirma memorando sobre Faixa e Rota

DQ_02303

Ao contrário de Espanha, que rejeitou a inclusão na iniciativa, Portugal pretende aderir durante a visita de Xi Jinping, que se inicia amanhã.

O Embaixador da República Popular da China em Portugal, Cai Run, confirmou esta segunda-feira a intenção de Lisboa e Pequim subscreverem um entendimento no quadro da Iniciativa Faixa e Rota, a estratégia internacional de iniciativa chinesa para construção de infraestruturas em corredores de logística comercial.

A assinatura do memorando de entendimento entre os dois países para a inclusão de Portugal na iniciativa tinha já sido antecipada pelo ministro português dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, em outubro, durante uma visita a Macau. “Iremos reforçar as nossas relações sobre a iniciativa uma faixa uma rota”, indicou Cai Run.

O entendimento deverá ser assinado durante a estada do presidente chinês, Xi Jinping, que estará em visita oficial a Portugal de amanhã a quarta-feira, chegado da cimeira do G20 que se realizou na Argentina.

O interesse em atrair a China para os portos portugueses tem vindo a ser manifestado em vários momentos pela Presidência da República e pelo governo português. Sines e o porto de águas profundas da Praia da Vitória, no Açores, são vistos como infraestruturas com capacidade de atração de empresas chinesas.

Empresas chinesas – nomeadamente, a Cosco – têm já presença em portos espanhóis como o de Valencia. No entanto, o governo de Espanha, onde Xi Jinping se deslocou no final do mês passado, rejeitou a assinatura de um memorando de entendimento para a inclusão do país na iniciativa Faixa e Rota. A decisão foi tomada por Madrid devido ao facto de a União Europeia ter, ela própria, lançado uma iniciativa de promoção de infraestruturas nos corredores euroasiáticos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O presidente do Conselho Geral e de Supervisão da ADSE, João Proença, durante a sua audição na Comissão de Saúde, na Assembleia da República, em Lisboa, 27 de fevereiro de 2019. MÁRIO CRUZ/LUSA

ADSE já enviou novas tabelas de preços aos privados para negociação

Mario Draghi, Presidente do Banco Central Europeu. REUTERS/Kai Pfaffenbach

BCE discutiu pacote de medidas para estimular economia na reunião de julho

Hotéis de Lisboa esgotaram

“Grandes” eventos impulsionaram aumento dos preços na hotelaria em junho

Outros conteúdos GMG
Embaixador chinês confirma memorando sobre Faixa e Rota