Emprego

Empresas portuguesas entram em 2019 a contratar

grossistas

Empresas do norte e centro são as que mais vão contratar no início do ano.

As empresas portuguesas vão entrar no novo ano a contratar. Os resultados do ManpowerGroup Employment Outlook Survey, onde foram entrevistados mais de 60 mil empregadores em 44 países, projetam uma criação líquida de emprego de 9% para Portugal no primeiro trimestre de 2019.

Os setores do comércio grossista e retalhista e do fornecimento de eletricidade, gás e água são os que mais vão contratar neste período, mais 15% e 14%, respetivamente. Segue-se o setor das finanças, seguros, imobiliário e serviços, que preveem intenções de contratação de mais 13%.

De acordo com o estudo, as contratações vão ocorrer essencialmente nas regiões norte e centro, que reportam previsões de crescimento líquido de emprego de 11%. Pelo contrário, na região sul, as empresas não mostras intenções de aumentar as suas equipas, prevendo-se até um recuo de 18% face ao ano passado.

“Depois de um ano marcado por um aumento significativo nas intenções de contratação, é natural que haja uma tendência de estabilização, o que está refletido nas projeções do Manpower Group Employment Outlook Survey para o primeiro trimestre de 2019”, afirma Raúl Grijalba, Mediterranean Regional Managing Director da ManpowerGroup. “O grande desafio será encontrar um equilíbrio certo entre as capacidades dos candidatos e as novas exigências do mercado de trabalho”, acrescenta.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
16. Empregados de mesa

Oferta de emprego em alta no verão segura aumento de salários

Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (Fotografia: José Coelho/ Lusa)

Marcelo aprova compra do SIRESP. Governo fica com “acrescidas responsabilidades”

draghi bce bancos juros taxas

BCE volta a Sintra para o último Fórum com Draghi na liderança

Outros conteúdos GMG
Empresas portuguesas entram em 2019 a contratar