fundos comunitários

Empresas receberam 461 milhões de euros do Portugal 2020

Pedro Marques, ministro das Infraestruturas. Fotografia: ANDRÉ KOSTERS/LUSA
Pedro Marques, ministro das Infraestruturas. Fotografia: ANDRÉ KOSTERS/LUSA

Mais de 3.500 empresas receberam até hoje 461 milhões de euros de fundos europeus do Portugal 2020

Mais de 3.500 empresas receberam até hoje 461 milhões de euros de fundos europeus do Portugal 2020, anunciou hoje o ministro das Infraestruturas, reafirmando o propósito de atingir “pelo menos” fundos de mil milhões de euros em 2017.

“Estes investimentos [de 461 milhões de incentivos] permitem contratualizar mais 10 mil postos de trabalho, quando os projetos atingirem a velocidade cruzeiro, e mais dois mil milhões de euros de exportações”, afirmou o ministro Pedro Marques, no final de uma visita à empresa Caetano Coatings, no Carregado, uma das empresas beneficiárias daqueles fundos, e que os usou para montar uma nova linha de pintura de superfícies para marcas automóveis como a Ford ou a Volvo.

O governante disse ainda que os 461 milhões de euros de incentivos, dados até ao dia de hoje, traduzem um aumento de 151 milhões de euros, ou de 49%, face aos valores de incentivos semelhantes dados no período homólogo anterior, no âmbito do QREN – Quadro de Referência Estratégica Nacional.

“Um ano depois fizemos um bom trabalho e o país está melhor”, afirmou Pedro Marques, adiantando ter já as “condições” necessárias para poder afirmar que no final de 2017 se vai atingir “pelo menos” mil milhões de euros no âmbito do Portugal 2020.

Na cerimónia de hoje na Caetano Coatings, na qual foi feito um balanço dos incentivos do Portugal 2020, depois de uma visita à fábrica, participaram também os secretários de Estado do Comércio, Paulo Ferreira, e do Desenvolvimento e Coesão, Nelson Souza.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: GREGÓRIO CUNHA/LUSA

Seguradoras têm obrigação de indemnizar mesmo em estado de calamidade

Promotoras imobiliárias começam a receber faturas relativas ao AIMI. Fotografia: Filipe Amorim/Global Imagens

Imobiliárias com casas em stock pagam faturas milionárias de AIMI

Foto: REUTERS/Paulo Whitaker

Falta de pontualidade nos aeroportos portugueses ronda os 20%

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Empresas receberam 461 milhões de euros do Portugal 2020