Coronavírus

Encerrados 649 estabelecimentos por violação do estado de emergência

Fotografia: Manuel de Almeida/EPA
Fotografia: Manuel de Almeida/EPA

Desde domingo que foram detidas 39 pessoas por desobediência. Estado de emergência vigora até ao final do dia 2 de abril.

Desde o passado domingo, dia 22 de março, já foram encerrados 649 estabelecimentos por violação das normas e regras do estado de emergência.

O balanço é feito pelo Ministério da Administração Interna (MAI), acrescentando que “até ‪às 18h00 de hoje (quarta-feira, dia 25 de março), foram detidas por crime de desobediência, designadamente por violação da obrigação de confinamento obrigatório e por outras situações de desobediência ou resistência, 39 pessoas”. Até às 20h00 do dia anterior tinham sido detidas 27 pessoas.

Em relação aos estabelecimentos trata-se de um aumento de um aumento de 137% face ao dia de ontem.

No comunicado, o MAI “reitera o apelo a todos os cidadãos para o escrupuloso cumprimento das medidas impostas pelo estado de emergência, contribuindo assim para conter a propagação da pandemia”.

Já há 43 mortos e 2995 casos confirmados de coronavírus em Portugal, anunciou esta quarta-feira a Direção-Geral da Saúde (DGS). São mais 10 mortos e 630 pessoas infetadas (um aumento de 27%).

São já 22 os doentes recuperados da infeção pelo novo coronavírus.

O estado de emergência começou às 00h00 do dia 22 de março e prolonga-se até às 23:59 do dia 2 de abril. O primeiro-ministro já admitiu o prolongamento.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Mário Centeno 
(EPA-EFE/PATRICIA DE MELO MOREIRA)

Lentidão nos reembolsos fazem disparar IRS em plena crise

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos (C), acompanhado pelo ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno e pelo presidente da CP, Nuno Freitas (E), na assinatura do contrato de serviço público entre o Estado e a CP, na Estação do Rossio, em Lisboa, 28 de novembro de 2019. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

CP sem contrato com Estado só tem dinheiro até junho

avião da TAP

PS desafia TAP a corrigir plano de rotas áreas que “lesa interesse nacional”

Encerrados 649 estabelecimentos por violação do estado de emergência