Economia

Endividamento do setor não financeiro sobe ligeiramente em julho

Fotografia: Global Imagens
Fotografia: Global Imagens

Segundo o BdP, o endividamento do setor não financeiro da economia situava-se em julho em quase 721,9 mil milhões de euros.

O endividamento do setor não financeiro da economia situava-se em julho em quase 721,9 mil milhões de euros, ligeiramente acima do valor do mesmo mês de 2017, segundo dados do Banco de Portugal.

Em julho deste ano, o endividamento do setor não financeiro da economia (empresas e administração pública, excetuando bancos) era de 721.886 milhões de euros, mais 940 milhões de euros do que os 720.946 milhões de euros do mesmo mês do ano passado. Já em termos relativos, o aumento do endividamento é reduzido, de apenas 0,13%.

Do total do endividamento do setor não financeiro, em julho deste ano, 318 mil milhões de euros respeitavam ao setor público (semelhante ao valor de junho e acima de julho de 2017) e 403,2 mil milhões ao setor privado (semelhante tanto a junho como ao mês homólogo de 2017).

Face a junho deste ano, o endividamento do setor não financeiro aumentou 700 milhões de euros, o que o banco central justifica com o “acréscimo do endividamento do setor público”, com aumento do financiamento concedido pelo setor financeiro e pelos particulares, ainda que “parcialmente compensado pela redução do financiamento externo e junto das próprias administrações públicas”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: Gonçalo Villaverde/Global Imagens

Lisboa já ultrapassou Barcelona no Alojamento Local

Mario Draghi, presidente do BCE. Fotografia: EPA/STEPHANIE LECOCQ

Sem a ajuda do BCE, juros da dívida portuguesa eram o dobro

Fotografia: Reuters

Norte e Centro com 65,5% das novas habitações

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Endividamento do setor não financeiro sobe ligeiramente em julho