media

ERC chumba proposta de José Fragoso como diretor de informação da RTP

José Fragoso. 
(Carlos Manuel Martins/Global Imagens)
José Fragoso. (Carlos Manuel Martins/Global Imagens)

Regulador entende que acumulação de cargos não beneficiaria o cumprimento de todas as obrigações.

O Conselho Regulador da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) deu parecer negativo à proposta de acumulação dos cargos de Diretor de Programas da RTP1, RTP Internacional e RTP3 com os cargos de Diretor de Informação da RTP1, RTP Internacional e RTP3 por José Fragoso.

“A convergência do poder de direção sobre as áreas de programação e de informação de três serviços de programas do operador de serviço público numa única pessoa não só comporta o risco de padronizar ou esbater a dissemelhança de uma oferta que, em benefício da diversidade e do pluralismo, se pretende díspar, como acima de tudo o risco de tornar indiferentes ou favorecer a diluição das fronteiras entre informação e entretenimento, atenta a ambivalência dos papéis que tal responsável seria chamado a desempenhar”, pode ler-se no parecer emitido pela ERC, esta segunda-feira.

A entidade reguladora entende que a centralização dos cargos numa só pessoa, José Fragoso, tornaria mais difícil o cumprimento de todas as tarefas sobre cada um dos serviços e programas em causa.

A ERC aconselha ainda uma separação “não só orgânica como também subjetiva e funcional” das áreas de programação e informação.

Notícia atualizada pela última vez às 16:20

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
A Poveira, conserveira. Fotografia: Rui Oliveira / Global Imagens

Procura de bens essenciais dispara e fábricas reforçam produção ao limite

Fotografia: Regis Duvignau/Reuters

Quase 32 mil empresas recorrem ao lay-off. 552 mil trabalhadores em casa

coronavírus em Portugal (covid-19) corona vírus

266 mortos e 10 524 casos confirmados de covid-19 em Portugal

ERC chumba proposta de José Fragoso como diretor de informação da RTP