Energia

ERSE recebeu 16.640 reclamações nos primeiros nove meses do ano

Presidente da ERSE - Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos, Maria Cristina Portugal.
( Jorge Amaral / Global Imagens )
Presidente da ERSE - Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos, Maria Cristina Portugal. ( Jorge Amaral / Global Imagens )

Com maior número de clientes, a EDP Comercial foi a empresa que mais reclamações recebeu (1860), seguida da EDP Distribuição (1207).

Entre janeiro e setembro de 2009, a Entidade Reguladora para os Serviços Energéticos recebeu no total 16.640 reclamações. Só no terceiro trimestre do ano deram entrada no regulador 5.390 reclamações, das quais 428 foram pedidos de reabertura do mesmo processo. Estes números representam menos cerca de 2 500 reclamações do que no período homólogo, mas revelam um ligeiro aumento em relação ao 2º trimestre de 2019.

Com maior número de clientes, a EDP Comercial foi a empresa que mais reclamações recebeu (1860), seguida da EDP Distribuição (1207), Endesa (663), Galp Power (466) e Iberdrola (222).

Em termos de número de reclamações, o setor elétrico “continua a ser o mais reclamado”, garante o regulador, apesar de no trimestre em causa terem sido recebidas menos cerca de 1 000 reclamações, comparando com o trimestre homólogo de 2018. “Se compararmos com o 2º trimestre de 2019, assistimos, no entanto, a uma ligeira subida”, refere a ERSE.

O tema da faturação continua a dominar a atenção dos consumidores de eletricidade e do fornecimento dual (eletricidade e gás natural), seguido do contrato de fornecimento e de algumas questões relativas à qualidade de serviço comercial (atendimento, resposta a reclamações, visitas combinadas, entre outras).

No setor do gás natural, a faturação é relegada para a segunda posição, sendo ultrapassada pelo tema da contratação. “Assiste-se a um aumento das reclamações sobre o contrato de fornecimento, em relação ao 2º trimestre de 2019” refere o regulador.

No 3º trimestre de 2019, a ERSE concluiu 2.518 processos de reclamações, com origem nos livros de reclamações (físico e eletrónico) das empresas.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Ricardo Mourinho Félix, Secretário de Estado Adjunto e das Finanças. 
( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

“Cidadãos não vão tolerar situações que ponham estabilidade financeira em risco”

Ricardo Mourinho Félix, Secretário de Estado Adjunto e das Finanças. 
( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

“Cidadãos não vão tolerar situações que ponham estabilidade financeira em risco”

Lisboa, 22/11/2019 - Money Conference, Governance 2020 – Transparência e Boas Práticas no Olissippo Lapa Palace Hotel.  António Horta Osório, CEO do Lloyds Bank

( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

Horta Osório: O malparado na banca portuguesa ainda é “muito alto”

Outros conteúdos GMG
ERSE recebeu 16.640 reclamações nos primeiros nove meses do ano