Espanha pede a Bruxelas menos austeridade para este ano

Mariano Rajoy, Espanha
Mariano Rajoy, Espanha

O presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy, considera um “suicídio” passar dos 8% de défice orçamental registados em 2011 para os 4,4 definidos para este ano e vai pedir o alargamento da meta à Comissão Europeia.

O pedido do executivo espanhol aponta para a possibilidade do défice poder ficar um pouco acima dos 5%. Se tal acontecer, os cortes orçamentais seriam reduzidos de 25 mil milhões de euros para cerca de 15 mil milhões, segundo o El País.

Mariano Rajoy encontrou-se terça-feira em Londres com o primeiro-ministro britânico, David Cameron, e ambos reafirmaram o empenho na defesa de uma agenda europeia de crescimento.

Recentemente, o líder do executivo espanhol juntamente com David Cameron e outros dez chefes de governo da União Europeia passaram a escrito ideias para promover o crescimento.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Ricardo Mourinho Félix, Secretário de Estado Adjunto e das Finanças. 
( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

“Cidadãos não vão tolerar situações que ponham estabilidade financeira em risco”

Ricardo Mourinho Félix, Secretário de Estado Adjunto e das Finanças. 
( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

“Cidadãos não vão tolerar situações que ponham estabilidade financeira em risco”

Lisboa, 22/11/2019 - Money Conference, Governance 2020 – Transparência e Boas Práticas no Olissippo Lapa Palace Hotel.  António Horta Osório, CEO do Lloyds Bank

( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

Horta Osório: O malparado na banca portuguesa ainda é “muito alto”

Outros conteúdos GMG
Espanha pede a Bruxelas menos austeridade para este ano