Poupança

Estas 10 despesas permitem poupar 4.000 euros por ano

notas

A poupança vai depender dos seus hábitos de consumo, mas seguindo estas dicas pode poupar 4101 euros por ano.

É no poupar que está o ganho, já dizia o provérbio popular. E com razão. Se mudar alguns hábitos de consumo e aplicar algumas destas dicas, vai conseguir poupar no mínimo três mil euros por ano.

Se pensa que o seu orçamento não lhe dá margem para poupar, desengane-se. Simples mudanças nos hábitos de alimentação, na gestão da casa, na renegociação de créditos tornarão possível esta poupança. Juntamente com a Deco, fomos tentar perceber até onde é possível esticar o orçamento.

Alimentação
Começando pela alimentação, uma das parcelas onde as famílias mais gastam dinheiro. Imaginando que toma sempre o pequeno-almoço fora de casa, se pensarmos que tomar o pequeno-almoço fora custa no mínimo 2,50 euros, este valor multiplicado por 250 dias úteis, traduz-se em 625 euros. Vai poupar este montante se optar por fazer esta refeição em casa. Quanto ao almoço, leve de casa. Almoçar num restaurante custa no mínimo seis euros. Ao fim de um ano, a poupança é de 1500 euros. E até as pequenas despesas diárias podem atingir custos significativos feitas as contas. Por exemplo, beber dois cafés por dia a 0,60 euros, traduz-se em 36 euros por mês. No final do ano são 426 euros.

Só até aqui já poupou 2551 euros anuais. Mas a poupança pode crescer na hora de fazer as compras. Apesar de não apontar o valor exato da poupança, a Deco disponibiliza um simulador onde pode encontrar o supermercado mais barato mais próximo de si, indicando ainda a taxa de poupança anual do mesmo.

Leia também: Os truques dos hipermercados para o fazer gastar mais

Se fuma, saiba ainda que pode poupar mais de mil euros por ano se o deixar de fazer. Considerando que um maço de tabaco custa cerca de cinco euros e que fuma um por dia, ao final de uma ano pode contar com mais 1825 euros na carteira.

Casa
Em casa, comportamentos como desligar os aparelhos do modo stand-by, apagar sempre a luz quando sai de uma divisão ou usar lâmpadas de baixo consumo são hábitos que ajudam a reduzir a fatura mas pode ir mais longe. A Deco aconselha a juntar as faturas dos últimos 12 meses, calcular o valor e o consumo e usar os simuladores da ERSE ou da própria associação para saber qual o melhor plano de preços do mercado livre. Pode compensar mudar de fornecedor.

Leia também: 30 dicas para reduzir a fatura do gás e da luz (e poupar muito dinheiro)

No que diz respeito à água, também é possível adotar comportamentos mais ecológicos. Sabia que um duche de 10 minutos pode implicar um gasto de 12.600 litros por mês? Se os bons hábitos – fechar a torneira enquanto nos ensaboamos, por exemplo – ajudam a reduzir os litros de água, adaptar um dispositivo economizador às torneiras da casa de banho e da cozinha pode atenuar ainda mais o gasto. Segundo a Deco, uma torneira eficiente não gasta mais de seis litros por minuto. Faça o teste: com um temporizador conte o tempo que demora a encher um recipiente de um litro, depois só tem de dividir 60 minutos pelo resultado. Aqui a poupança pode chegar aos 500 euros.

Também nos pacotes de telecomunicações pode poupar algum dinheiro. Só tem de fazer a si mesmo uma série de questões como: Será que eu preciso destes canais todos de televisão?; Utilizo todas as potencialidades deste pacote? Será que a subscrever a internet isoladamente é mais em conta? Isto sem falar nos vários serviços de streaming que existem atualmente no mercado. Analise o pacote que tem subscrito e compare com outras opções. Pode usar o simulador da Deco, que, através das suas necessidades, lhe vai indicar qual o melhor tarifário. Depois só tem de ver se compensa mudar.

Contas bancárias
Também no que às contas bancárias diz respeito também aqui é fácil poupar. Deve escolher a conta à ordem que mais se adeque ao seu perfil de consumo. A Deco disponibiliza um simulador para fazer o teste.

Normalmente, é nos custos de manutenção que consegue poupar, isto é, nas comissões. Por exemplo, pode optar por uma conta de serviços mínimos bancários. Os serviços mínimos bancários são um conjunto de serviços considerados essenciais com custos reduzidos que incluem a abertura de uma conta de depósito à ordem e a disponibilização do respetivo cartão de débito.

Leia também: Sabe o que é uma conta de serviços mínimos?

Segundo a Deco, o custo máximo cobrado, anualmente, o limite máximo das comissões, despesas ou outros encargos que, anualmente e no seu conjunto, as instituições de crédito podem exigir pela prestação de serviços mínimos bancários passará a ser de 1% do valor do indexante dos apoios sociais (em 2018 o valor do IAS será de 428,90€).

Renegociar créditos
Se tem encargos com crédito à habitação, crédito automóvel ou outros, informe-se e compare outras ofertas. Comece por entrar em contacto com o seu banco e negoceie. A poupança mensal vai depender das condições negociadas.

Mas acredite que é possível poupar. Por exemplo, em 2018, o Doutor Finanças ajudou as famílias a transferirem o crédito à habitação, o que se traduziu numa poupança anual média de 840 euros durante 30 anos.

Seguros
Também os seguros podem ser renegociados. As “escolhas acertadas” da associação de defesa do consumidor referentes ao seguro do carro e da casa permitem uma poupança de 160 e 50 euros ao ano, respetivamente.

“O nosso simulador de seguro automóvel facilita a tarefa. A nossa Escolha Acertada permite poupar 160 euros face à média do mercado, no caso de um seguro de responsabilidade civil e danos próprios para um Renault Clio IV 1.5 dCi Dynamique (preço de mercado de 20 620 euros)”, aponta. O cenário “pressupõe que o proprietário é um homem de 40 anos, com 20 anos de carta, residente em Lisboa, sem sinistros nos últimos 5 anos”. Deve ainda recorrer ao simulador para definir o seu perfil.

Relativamente ao seguro da casa, a Deco garante que é possível poupar sem perder a qualidade das coberturas. “A nossa Escolha Acertada permite poupar 50 euros por ano no seguro multirriscos-habitação para um T2 de 2005 com 100 metros quadrados em Lisboa. A cobertura inclui paredes e recheio no valor de 30 mil euros. Este é apenas um exemplo. Se não corresponde ao seu imóvel, personalize o cenário que pretende no nosso simulador“.

Se somarmos todos os valores de poupança possíveis chegamos à seguinte conta: 625 + 1500 + 426 +500 + 840 + 160 + 50 = 4101 euros. Uma poupança anual de mais de quatro mil euros.

A este valor, se tivermos em conta que é fumador e vai deixar esse hábito, só tem de adicionar 1825 euros.

E não se esqueça, o valor da poupança ainda pode crescer. Tudo vai depender dos seus hábitos de consumo.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
TimVieira_1-1024x683

“Fui quem mais investiu e mais perdeu no Shark Tank. E também quem ganhou mais”

João Lourenço, Presidente de Angola. Fotografia: ESTELA SILVA/LUSA

Dívida externa angolana financiou “enriquecimento ilícito de uma elite”

Lisboa, 12/06/2019 - Mariana Vieira da Silva, ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, fotografada esta tarde nos estúdios da TSF, durante uma entrevista 'A Vida do Dinheiro'  TSF/Dinheiro Vivo.
( Gustavo Bom / Global Imagens )

Mariana Vieira da Silva: Repetir a geringonça “é possível e desejável”

Outros conteúdos GMG
Estas 10 despesas permitem poupar 4.000 euros por ano