Expectativas de emprego na zona euro com novo máximo desde janeiro de 2018

O indicador do sentimento económico diminuiu em novembro na zona euro e na UE, mas o das expectativas de emprego atingiu, em ambas, o nível mais alto desde janeiro de 2018, segundo dados da Comissão Europeia.

De acordo com a Direção-geral dos Assuntos Económicos e Financeiros da Comissão Europeia, em novembro, o Indicador de sentimento económico diminuiu em 1,1 pontos, face a outubro, tanto como na área do euro quanto na União Europeia (UE), para os 117,5 e os 116,5 pontos, respetivamente.

Por seu lado, o indicador de expectativas de emprego subiu para 115,6 pontos em ambas as zonas (1,7 e 1,4 pontos na zona euro e na UE), atingindo o seu nível mais elevado desde janeiro de 2018.

Entre as maiores economias da UE, o sentimento económico melhorou em França (2,9 pontos), em Itália (0,9) e na Polónia (0,5) e piorou em Espanha (-2,6), nos Países Baixos (-2,1) e na Alemanha (-1,7).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de