Comércio Externo

Exportações e importações em ritmo acelerado

O aumento das exportações foi alavancado pelos países da União Europeia. Fotografia: D.R.
O aumento das exportações foi alavancado pelos países da União Europeia. Fotografia: D.R.

Em outubro, o défice da balança comercial atingiu os 1593 milhões de euros

As exportações e importações aceleraram em outubro. Segundo os dados da Instituto Nacional de Estatística, as exportações cresceram 5,9% em outubro quando comparado com o mesmo mês do ano passado e 1% se comparado com setembro de 2018. As importações aumentaram 5,3% no mês em análise face a igual período do ano transato e mais 0,4% que em setembro.

O INE aponta o aumento no comércio Intra-UE como o motor deste crescimento (mais 10,2%), já que as exportações fora da União Europeia diminuíram 6,1%. O mesmo sucedeu com as importações, cujo aumento foi influenciado pelo comércio entre Estados da UE, registando-se um incremento de 7,2% face a outubro de 2017.

Este resultado pode estar influenciado por efeitos de calendário, isto é, por mais dias úteis, diz o INE.

Sem combustíveis e lubrificantes, as exportações cresceram 8,5% em outubro face ao mês homólogo e as importações 7,6%. Comparado com setembro de 2018, as vendas ao exterior aumentaram 16,2% e as compras 3,1%.

Já no trimestre terminado em outubro, as exportações tiveram um incremento de 3,1% face ao mesmo período do ano anterior. Por sua vez, as importações aumentaram 4,5%.

O défice da balança comercial agravou-se em 54 milhões de euros em outubro face ao homólogo do ano passado, atingindo os 1593 milhões de euros. Excluindo combustíveis e lubrificantes, a balança comercial atingiu um saldo negativo de 1100 milhões, mais 39 milhões que no mesmo período de 2017.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Carlos Costa, Governador do Banco de Portugal

BES: Processos contra Banco de Portugal caem para metade

O primeiro-ministro, António Costa, gesticula durante o debate quinzenal na Assembleia da República, em Lisboa, 19 de março de 2019. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

António Costa: “Portugal vai continuar a crescer acima da média europeia”

Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/ LUSA

Rendas na energia: João Matos Fernandes encontrou “ambiente crispado”

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Exportações e importações em ritmo acelerado