Vendas

Exportações em saúde atingem recorde de 1,5 mil milhões

Salvador de Mello (Global Imagens)
Salvador de Mello (Global Imagens)

As exportações portuguesas em saúde cresceram 14,5% no ano passado, um reforço que é mais um passo num importante caminho.

Produtos farmacêuticos de base, preparações farmacêuticas, equipamento de radiação e eletromedicina, instrumentos e material médico-cirúrgico. Nunca antes se vendeu para fora tanto do que aqui se produz nesta área. As exportações portuguesas em saúde cresceram 14,5% no ano passado, para um novo recorde de 1,5 mil milhões de euros, revela a AICEP. Os dados vêm do INE e mostram um reforço deste setor na economia do país.

Comentando os melhores resultados de sempre em comunicado ao Dinheiro Vivo, Salvador de Mello, que lidera o Health Cluster Portugal (HCP), sublinha que “esta evolução positiva traduz o investimento persistente que tem vindo a ser feito pelas empresas nacionais na sua aposta de internacionalização e está em linha com o pacto de competitividade e internacionalização para a Saúde, assinado no ano passado entre o Ministério da Economia e o HCP”. O plano passa por ir além dos 2,5 mil milhões em vendas ao exterior nos próximos cinco anos, uma fasquia que o setor parece bem lançado para atingir.

Em Portugal o setor da saúde representa um volume de negócios anual na ordem dos 30 mil milhões, revela o Health Cluster, adiantando que o valor acrescentado bruto desta área ronda os 9 mil milhões, envolvendo “perto de 90 mil empresas e empregando quase 300 mil pessoas”.

O crescimento agora registado e que fecha o ano vem concretizar os números partilhados a meio do ano e que davam já conta de uma evolução superior a 7%, para um total de quase 700 milhões de euros em exportações. (Leia mais aqui)

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
2. Os telemóveis desvalorizam até 78% do investimento num ano

Burlas com SMS custam 1 milhão por ano aos consumidores

Ana Jacinto, secretária-geral da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) antes de uma entrevista, esta manhã nos estúdios TSF.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Ana Jacinto. Hotelaria e restauração precisam de mais de 40 mil trabalhadores

Austin, EUA

Conheça o ranking das cidades mais desejadas pelos millennials em 2020

Exportações em saúde atingem recorde de 1,5 mil milhões