Comércio internacional

Exportações têxteis a crescer 2,3% até agosto

Empresa de têxteis inovadores

Itália é o mercado que mais cresce em termos absolutos

As exportações da indústria têxtil e vestuário cresceram 2,3% nos primeiros oito meses do ano para um valor global de 3,6 mil milhões de euros. Destaque para os 5,1% de crescimento das matérias têxteis, dos 3,5% nos têxteis-lar e de 0,9% no vestuário.

Em comunicado, a Associação Têxtil e Vestuário de Portugal (ATP) destaca que o saldo da balança comercial da fileira ascendeu, neste período, a 825 milhões de euros.

Em termos de mercados, refere que a ATP que “Itália continua a destacar-se como o cliente que mais cresceu, em termos absolutos, registando um valor de praticamente 56,7 milhões de euros”. O segundo maior crescimento, em termos absolutos, é dos Países Baixos, com 19,5 milhões de euros (14,6% em termos percentuais).

Fora de Europa, destaque para a China que aumentou em 17,7 milhões de euros as compras à têxtil portuguesa, mais 72,6% em termos relativos, e os Estados Unidos com um crescimento de 7,3 milhões de euros, ou seja, 3,6% em termos relativos.

Em contrapartida, as exportações para Espanha, o maior mercado de destino do têxtil e vestuário nacional, está a cair 4%, a mesma perda relativa do Reino Unido.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

RODRIGO ANTUNES / LUSA

Governo reúne motoristas e patrões em nova maratona de “intransigências”

Posto de abastecimento de combustíveis REPA (Rede Estratégica de Postos de Abastecimento) no Porto (ESTELA SILVA/LUSA)

Revendedores de combustíveis esperam acordo “o mais brevemente possível”

Outros conteúdos GMG
Exportações têxteis a crescer 2,3% até agosto